Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Flamengo x Santa Fe tem polêmicas e placar zerado

Publicado

em

Flamengo x Santa Fe tem polêmicas e placar zerado

Jogo em Bogotá fica no 0 a 0 e é marcado por muitos erros e pouca objetividade do time de Barbieri. Juiz não marca pênalti para colombianos e termina jogo durante ataque rubro-negro

Talvez tenha sido a atuação menos objetiva e mais desorganizada do Flamengo na temporada. Em um jogo que poderia encaminhar a importante classificação para as oitavas da Libertadores, o Rubro-Negro passou mais sufoco do que criou oportunidades. Apático e errando acima do normal, o placar em 0 a 0 pode ser considerado até lucro para o time do técnico interino Maurício Barbieri.

Na Libertadores, a equipe volta a jogar no dia 16 de maio, diante do Emelec, no Maracanã. Na última rodada, a equipe visitará o River Plate, em Buenos Aires, dia 23 de maio.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O Flamengo, por ora, segue na liderança do grupo 4, com seis pontos. Nesta quinta-feira, o River Plate, com cinco pontos, recebe o Emelec na Argentina. O Santa Fe tem quatro pontos, enquanto os equatorianos seguem na lanterna, com apenas 1.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Rubro-Negro ainda depende de si mesmo para a classificação. Mas, para não precisar torcer para resultado algum, necessita de pelo menos uma vitória e um empate nos dois últimos jogos. Contra Emelec (casa) e River (fora).

O Flamengo teve lampejos de bom futebol no primeiro tempo, mas não conseguia sequer trocar bons passes. A pressão e a intensidade estavam do lado do Santa Fe. Não fosse a falta de capricho dos atacantes, o time da casa poderia ter aberto o marcador. Pajoy e Plata buscavam intensidade pelas pontas, dando muito trabalho.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Aos 33 minutos, o juiz Daniel Fedorcuzuk errou ao não marcar um pênalti para o Santa Fe. Em mais uma chegada dos colombianos na área, a bola tocou no braço de Henrique Dourado. Mas o árbitro uruguaio mandou seguir.

Maurício Barbieri optou por manter o time que vinha jogando mal após o intervalo. Só mexeu no time aos 26 minutos da etapa final. O Flamengo voltou tomando pressão. O Santa Fe, no entanto, era pouco eficiente. Chegava com frequência, levantava bolas na área e continuavam dando sustos. Mas faltava capricho por parte dos donos da casa.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Rubro-Negro, por sua vez, parecia satisfeito com o empate. Recuado, tentava encaixar contra-ataques, mas errava até os passes mais simples, sem conseguir executar boas jogadas.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Ao fim do jogo, jogadores do Flamengo reclamaram da arbitragem. No último lance do jogo, Geuvânio roubou bola na entrada da área, foi para cima e mandou para o fundo da rede. Mas juiz já tinha apitado o término da partida. A zaga do Santa Fe, inclusive, havia parado na jogada. Os rubro-negros, no entanto, ficaram na bronca.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta