Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Massa vê Mercedes como favorita, apesar de ‘esconder o jogo’, e acredita em luta entre Red Bull e Ferrari apenas pelo vice

Publicado

em

Felipe Massa deixou a F1 após 15 anos e, no próximo domingo, poderá acompanhar o GP da Austrália apenas como espectador. Um descanso merecido a alguém com tanta história no grid, e uma permissão ao brasileiro de poder comentar a categoria com tranquilidade.

E foi o que ele fez em entrevista ao jornal italiano ‘Corriere della Serra’. O assunto foi o topo do grid: Mercedes, Ferrari e Red bull, além de seus pilotos.

Massa fez suas apostas: acredita em mais um título da Mercedes, e não vê nem Ferrari, nem Red Bull, ameaçando a liderança – apenas brigando entre si.

“Temo que essa briga tripla não aconteça tão facilmente”, disse. E a justificativa de Massa é claramente a de alguém que vive o mundo do automobilismo. Algo que dificilmente alguém sem ser piloto e com tanta experiência perceberia: “A Mercedes escondeu o jogo. Mas você vê pelo rosto dos pilotos, (Lewis) Hamilton e (Valtteri) Bottas estavam mais do que satisfeitos. Se existissem problemas, eles teriam atitudes diferentes. Um piloto não é capaz de disfarçar muito”, explicou.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“A Ferrari evoluiu muito, mas ainda sente falta de algo para voltar a vencer”, seguiu Massa. Para ele, as mudanças feitas foram positivas, mas necessitam tempo para funcionar. “Não é fácil dar o último passo.”

Sobre a Red Bull, vê o time da dupla Max Verstappen e Daniel Ricciardo bem próximo à equipe de Maranello.

“Mostrou bom potencial nos testes, mas daí para ser favorita há um caminho longo. A vejo lutando com a Ferrari, mas não pela frente. Ao menos, desta vez, está imediatamente pronta, diferentemente de 2017”, apostou.

Por fim, Massa citou a equipe que, para ele, ocupará a quarta posição: Renault. “Está gastando muito e tem uma ótima duola em Nico Hülkenberg e Carlos Sainz”, finalizou o vice-campeão do mundo de 2008.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta