Julio Cesar reestreia pelo Flamengo diante do Boavista, pela Taça Rio

Chegou a hora de matar a saudade. Depois de quase 14 anos, Julio Cesar volta ao gol que lhe é tão familiar. Na noite desta quarta-feira, o goleiro de 39 anos iniciará sua despedida vestindo o Manto Sagrado pela 285ª vez, o terceiro goleiro que mais atuou pelo Flamengo, atrás apenas de Zé Carlos (352) e Cantarelli (557).

O jogo será longe do Rio de Janeiro, no Raulino de Oliveira, mas a Nação aguarda ansiosamente o reencontro com o ídolo. E a torcida presente ao estádio também verá a equipe completa do Flamengo no jogo contra o Boavista, pela quarta rodada da Taça Rio 2018. O técnico Paulo César Carpegiani já avisou que não poupará o time, que segue com o planejamento e preparação para a Taça Libertadores da América, que volta dia 14.

Após o último treino no Ninho do Urubu, o lateral esquerdo comentou sobre a alegria de jogar ao lado de Julio Cesar, um ídolo de muitos jogadores mais jovens.

“É gratificante jogar ao lado de grandes jogadores. Foi o que sempre sonhei. Juan, Diego, agora o Julio Cesar. É um goleiro de Copa do Mundo e, agora, o vejo treinando todos os dias com um sorriso no rosto”, comentou o lateral. “Acho que a felicidade é o que mais se percebe nele. É um cara muito brincalhão, com quem aprendemos muito. Espero que tenha um fim de carreira muito feliz conosco”, completou Renê, que também comentou sobre o adversário desta quarta.

“O Boavista é uma equipe de muita qualidade, com jogadores que atuaram em vários clubes de maior grandeza. Será um jogo difícil. Vimos no primeiro tempo, em Cariacica, que eles nos deram muito trabalho. Mas no segundo tempo conseguimos colocar mais nosso jogo e precisamos trabalhar em cima disso”, completou.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove − um =

Send this to a friend