Flamengo goleia e tira a Portuguesa da semifinal da Taça Rio

Flamengo goleia e tira a Portuguesa da semifinal da Taça Rio

Mesmo com a vitória do Vasco sobre o Botafogo, time da Ilha do Governador perdeu a vaga para alvinegros no saldo de gols

O Flamengo não tomou conhecimento da Portuguesa no Estádio Kléber Andrade, no Espírito Santo. O time da Ilha do Governador pouco ameaçou os rubro-negros, que golearam por 4 a 0, com gols de Éverton Ribeiro, Henrique Dourado, e dois de Geuvânio – um deles, um golaço, no último minuto. E foi justamente no saldo de gols que a Portuguesa perdeu a vaga nas semifinais da Taça Rio, já que o Botafogo perdeu o clássico para o Vasco. Diego Alves, um dos destaques da partida, chegou a defender a cobrança de pênalti de Tiago Amaral com os pés.

O Flamengo agora enfrentará o Fluminense na semifinal da Taça Rio – jogo será na quarta ou quinta-feira. O time tricolor tem a vantagem do empate por ter se classificado na primeira posição do Grupo C, enquanto o clube da Gávea foi segundo no Grupo B. Os rubro-negros, contudo, já têm vaga garantida da semifinal do Estadual pois foram campeões da Taça Guanabara.

Foto: Staff Images/Flamengo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O Flamengo buscou o ataque desde os primeiros minutos de jogo, no toque de ombro de Juan, na tentativa quase no ângulo de Éverton Ribeiro, o gol era questão de tempo. Mas quem esteve mais perto de marcar primeiro foi a Portuguesa. Bola no braço de Rodinei e pênalti marcado, mas Tiago Amaral cobrou no meio do gol e Diego Alves fez grande defesa com os pés. Não deu nem tempo para a Lusa comemorar. Dois minutos depois, Éverton Ribeiro tabelou com Dourado e finalizou com precisão: 1 a 0. A Portuguesa ainda tentou ameaçar, teve chances como no belo chute de Maicon Assis, e com o placar ambos os times desceram classificados para o vestiário no intervalo.

Foto: Staff Images/Flamengo

A primeira boa chance da etapa final foi de Philip, da Portuguesa, mas não demorou para o Flamengo retomar o comando. Desta vez, a bola foi no braço de Adriano, dentro da área da Lusa, e o juiz manteve o critério: pênalti que Dourado cobrou bem e converteu. Com 2 a 0, o Flamengo passou a tocar com mais tranquilidade. Lincoln e Geuvânio entraram para incendiar o jogo, e o segundo acabou marcando dois gols em jogadas muito semelhantes, uma delas finalizada no ângulo de Milton Raphael. A goleada tirou a Lusa das semifinais da Taça Rio.

Paredão “Diego”

Diego Alves fez diversas defesas difíceis na partida, em lances como o chute no ângulo de Maicon Assis e as tentativas de Tiago Amaral no fim do jogo. Isso sem contar o pênalti defendido com os pés (a sua segunda defesa de pênalti pelo clube)! Foi, ao lado de Geuvânio e Éverton Ribeiro, um dos destaques da partida.

Foto: Staff Images/Flamengo

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezessete + seis =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend