Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Grêmio vence 2ª seguida e afunda Ponte na degola

Brasília de Fato

Publicado

em

Grêmio vence 2ª seguida e afunda Ponte na degola

Ramiro marca o único gol no Moisés Lucarelli e faz o Tricolor subir para 57 pontos, perto dos líderes da Série A. Macaca tem Fernando Bob expulso, perde muitos gols e deixa o Moisés Lucarelli com vaias e protestos

Mesmo com a cabeça voltada para as finais da Libertadores, o Grêmio continua dando trabalho no Campeonato Brasileiro. Com um time todo praticamente reserva em Campinas, o Tricolor Gaúcho complicou ainda mais a situação da Ponte Preta na luta contra o rebaixamento ao vencer por 1 a 0, na noite desta quarta-feira. Diante de uma Macaca que jogou com um a menos desde os 17 minutos do primeiro tempo, após a expulsão de Fernando Bob, Ramiro fez o único gol da partida, no início da etapa final. Os donos da casa pressionaram até o fim, mas pararam em grandes defesas de Marcelo Grohe.

Ramiro até marcou o gol gremista, mas a vitória não sairia se Marcelo Grohe não tivesse feito ao menos quatro grandes defesas, todas no segundo tempo. O goleiro, que já tinha feito milagre na semifinal da Libertadores, também contou com a sorte quando Léo Gamalho, livre na pequena área, pegou errado e não conseguiu marcar.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Capitão da Ponte, Fernando Bob dificultou a missão de vencer um dos melhores times do futebol brasileiro ao ser expulso com 17 minutos. O volante deixou a Macaca com um jogador a menos em praticamente toda a partida e agora cumpre suspensão na decisiva partida contra o Coritiba, um duelo direto no Couto Pereira.

O resultado deixa o Grêmio com 57 pontos, entre os primeiros do Brasileirão. Na parte de baixo da tabela, a Ponte, beneficiada por outros resultados, segue estacionada nos 35 pontos após a segunda derrota consecutiva, na 18ª colocação. A situação, que já era delicada, ficou ainda mais dramática diante da chance perdida em casa de se reabilitar.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *