Grêmio vence com gol no final e afunda o Coritiba no Z-4

Grêmio vence com gol no final e afunda o Coritiba no Z-4

No Couto Pereira, Tricolor marca nos acréscimos e garante mais três pontos no Brasileiro. Resultado mantém o Coxa na zona de rebaixamento, com 29 pontos, enquanto o Grêmio pula para segundo

Em jogo ruim, o Grêmio venceu o Coritiba por 1 a 0, no estádio Couto Pereira, na noite deste domingo, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida saiu só nos acréscimos, quando Ramiro tirou o zero do placar e decretou a vitória para o time de Renato Gaúcho. Os donos da casa tiveram as melhores oportunidades na partida, mas esbarraram na forte marcação do Tricolor e pecaram na pontaria. Péssimo para o Alviverde, que segue afundado na zona de rebaixamento.

Sobraram balões, lançamentos longos e cruzamentos na área. Estiveram em falta, pelo menos nos primeiros 45 minutos, toques curtos, passes envolventes e o jogo coletivo. Coritiba e Grêmio tentaram chegar ao gol da mesma forma, pelo alto. As principais chances dos dois clubes vieram em escanteios. Werley por pouco não marcou de um lado, Geromel o mesmo de outro. O Coxa também assustou em duas cobranças de falta defendidas por Marcelo Grohe. O time gaúcho, especialmente, não teve capacidade de sair da defesa pelo chão, sua característica tão marcante. Abusou dos lançamentos e não teve bom rendimento. Em casa, o Coritiba teve uma posse de bola mais produtiva, mas também não conseguiu brechas na defesa rival.

O Coxa voltou na pressão e quase abriu o placar no começo do segundo tempo, quando Carleto levantou na área, Alan Santos desviou e Werley, livre no segundo poste, chutou na trave de Marcelo Grohe. Inoperante e confortável na partida, o Grêmio continuou abusando da ligação direta e com dificuldades para chegar ao ataque com toques. Desesperado, o Coritiba seguiu no ataque, mas pecou na pontaria. Nos minutos finais, Henrique Almeida teve duas grandes chances em sequência de marcar, primeiro quando cabeceou de peixinho e Grohe defendeu, e depois quando foi travado por Kannemann na cara do gol. Porém, quem chegou ao gol foi o Grêmio. Nos acréscimos, Jael arrancou do campo ofensivo, passou pela marcação, caiu, mas conseguiu acionar Ramiro, que entrou livre na área e tocou na saída de Wilson, decretando a vitória tricolor.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

3 − 2 =

Mais lidas

Send this to a friend