Siga o Jornal de Brasília

Esporte

No embalo de D’Alessandro, Inter sofre, mas vence o São José fora por 2 a 1

Brasília de Fato

Publicado

em

Internacional

Gringo dá duas assistências e comanda vitória do Colorado com gols de Brenner e Roberson, neste domingo, no Estádio do Vale, que encaminha classificação às quartas do Gauchão; Canhoto desconta para o São José

Foi com boa dose de sofrimento e um sufoco nos minutos finais, mas o Inter cumpriu sua missão e venceu o São José por 2 a 1, neste domingo, no Estádio do Vale, pela 10ª rodada do Gauchão, e enfim assumiu posição confortável no G-8 do estudal. Tudo isso, graças a D’Alessandro. O gringo comandou o triunfo com duas assistências para os gols de Brenner e Roberson. Anderson Canhoto descontou para o Zequinha, que pressionou e esteve muito próximo do empate, com direito a reclamação de pênalti não assinalado por Roger Goulart.

O primeiro tempo não foi lá de um jogo vistoso, com chances lá e cá. Bem longe disso. Mas o Inter atéconseguiu se impor ao São José para dominar a partida, sem se expor ou dar brechas para um rival retraído, bem compactado no sistema defensivo. A postura, aliás, travou as investidas do Colorado, pouco vertical e móvel, que só conseguiu levar perigo com D’Alessandro. E com Brenner, sempre bem posicionado dentro da área. Não à toa, a equipe de Antônio Carlos Zago abriu o placar numa combinação da dupla. Aos 44, o gringo cruzou na cabeça do centroavante, que deslocou Fábio com um testaço.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Estádio do Vale para São José x Inter – D’Alessandro (créditos: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

O gol de Brenner incendiou a segunda etapa. E em especial, o Inter, que logo ampliou a vantagem, no embalo de D’Alessandro. O gringo voltou a ser decisivo e e deu novo cruzamento açucarado, agora para Roberson ampliar o marcador e dar cara de que a partida se encaminharia para uma vitória tranquila… Só que não. O Colorado recuou e cedeu espaços para o adversário pressionar e beliscar um empate. O Zequinha poderia ter marcado aos 20 minutos, quando Canhoto foi derrubado na área por Danilo. O árbitro mandou seguir. Pouco depois, o próprio atacante do São José recebeu lançamento de Clayson e marcou para os donos da casa. Canhoto ainda teve a chance clara de empatar, mas foi vencido por uma espetacular defesa do goleiro colorado.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *