Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Conheça os estádios de futebol mais bonitos do mundo

Avatar

Publicado

em

Espetaculares e majestosos, os estádios de futebol estão se tornando cada vez mais obras de arquitetura contemporânea, com projetos assinados por profissionais de renome mundial.

Entre os primeiros a arquitetos a receberem o desafio de um projeto de estádio está Renzo Piano que, para a Copa do Mundo 1990 que aconteceu na Itália, desenhou o estádio San Nicola, de Bari. Atualmente, estúdios de arquitetura mais conhecidos são os que projetam arenas para os times de futebol mais prestigiados e economicamente mais fortes. É o caso do novo estádio londrino do Tottenham, do arquiteto Kengo Kuma, que também está desenhando uma nova arena para a cidade japonesa de Tóquio.

Já os trabalhos para a construção do estádio de Al Wakrah, que hospedará o Mundial de 2022 no Catar, estavam sob a responsabilidade da arquiteta Zaha Hadid, morto no ano passado.

Na capital espanhola, as novas arenas futebolísticas do Atlético e do Real Madrid, que serão inauguradas em três anos, foram projetadas por arquitetos Cruz e Ortiz e Tristán López Chicheri, respectivamente,e serão inspirados no Coliseu.

Também na Espanha, o renovado estádio do Barcelona foi projetado pelo estúdio de arquitetura do japonês Nikken Sekkei, enquanto, para a Copa do Mundo da Rússia de 2018, Kisho Kurokawa projetou para o Zenit San Pietroburgo o New Zenit Stadium, uma estrutura caríssima que se localizará na ilha de Krestovskij.

Até 2020, estará pronta a nova sede do Chelsea, fortemente apoiada por Roman Abramovich, que está ligado aos arquitetos suíços Herzon e de Meuron. Confira, abaixo, a lista dos estádios considerados mais bonitos do mundo:

1) Estádio Matmut-Atlantique de Bordeaux, França

Inaugurado em 2015 e premiado como melhor implantação esportiva, o estádio de Bordeaux foi projetado pelo estúdio dos arquitetos suíços Herzon e de Meuron, autores de outras importantes arenas futebolísticas. É uma estrutura branca retangular de aspecto abstrato, graças aos 900 mil colunas de aço branca que apoiam a cobertura. Belo e funcional, tem capacidade para 42 mil espectadores.

2) Wembley Stadium de Londres, Inglaterra

O projeto do estádio londrino de Wembley é de Norman Foster. É o segundo maior da Europa e foi inaugurado em 2007. Tem capacidade para receber 90 mil pessoas e possui cobertura parcialmente retrátil, caracterizada por um arco de aço de 134 metros de altura.

Durante as partidas de futebol, a pista de atletismo é removida para permitir um visual mais amplo aos espectadores.

3) Estádio Nacional de Pequim, China

É conhecido também pelo nome de “ninho de pássaro”, por ter sua estrutura ramificada.

Foi projetado pelos arquitetos suíços Herzon e Meuron e pelo artista Ai Weiwei para os Jogos Olímpicos de Pequim de 2008. A caríssima estrutura, que pode receber até 91 mil espectadores.

4) Parc Olympique Lyonnais, França

Projetado pelo estúdio americano de arquitetura Populos para os o jogos europeus de 2016, o novo estádio de Lyon tem um teto triangular e capacidade para receber até 60 mil espectadores. O local é de propriedade do time de futebol do Olympique Lyon, que o transformou também sua sede.

5) Allianz Arena de Munique, Alemanha

É o estádio do bairro de Fröttmaning de Munique, inaugurado em 2005 e projetado pelos arquitetos suíços Herzog e de Meuron. É a primeira estrutura esportiva do mundo que muda a cor das paredes externas de acordo com o time que está jogando. Um dos sobrenomes que lhe foi atribuído é “bote de borracha”, pela forma externa. Dentro do estádio do time alemão, que pode abrigar até 70 mil espectadores, está o museu do Bayern de Munique, além de centros comerciais, salas para conferências, restaurantes e lojas de esporte. A visita guiada dentro da estrutura é imperdível.

6) Juventus Stadium de Turim, Itália

O novo estádio da Juventus é uma verdadeira jóia rara da arquitetura e do design – além de recebe as partidas, tem lojas e um novíssimo museu dedicado à história do time. O projeto foi realizado, entre outros, pelo grupo Gau em 2011. Sem barreiras arquitetônicas e com implanto sustentável – o primeiro do mundo para um estádio, há 7 mil painéis de alumínio coloridos em vários tons de cinza e branco que refletem a luz e dão o efeito de uma bandeira em movimento.

7) Kaohsiung, Taiwan

É o primeiro estádio no mundo capaz de produzir autonomamente energia para funcionar. Foi projetado em 2009 pelo célebre arquiteto japonês Toyo Ito. O estádio, pensado para o World Game, grande evento patrocinado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), hoje recebe partidas do Nacional de Taipei. A estrutura é inovadora também na escolha dos materiais reclicláveis e na utilização de cerca de 9 mil painéis solares fotovoltaicos que a cobrem.

8) FNB Stadium de Joanesburgo, África do Sul

Renovado em 2010, quando a cidade sul-africana recebeu a Copa do Mundo de futebol, o First National Bank Stadium ou Soccer City de Soweto, bairro de Joanesburgo, é conhecido sobretudo por ter recebido o primeiro discurso de Nelson Mandela depois do fim de sua prisão, em 1990. A forma e as cores do belíssimo estádio, construído em 1987 e redesenhado pelos arquitetos dos estúdios Populous e Boogertman & Partners, lembram um vaso de argila sobre o fogo.

(ANSA)

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *