Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Apesar de vitória e classificação, Real Madrid admite necessidade de melhorar

Avatar

Publicado

em

Mesmo depois se classificar para as quartas de final da Liga dos Campeões pela sétima temporada consecutiva, o Real Madrid acredita que pode fazer melhor. Afinal, o time avançou com um placar agregado de 6 a 2 sobre o Napoli, mas o resultado final não aponta as dificuldades que o time enfrentou.

Com a vantagem de ter vencido em casa por 3 a 1, o Real Madrid poderia ter uma tarefa mais simples no jogo de volta. Mas os atuais vencedores da Liga dos Campeões acabaram sendo encurralados na defesa pelo Napoli no primeiro tempo.

“Temos condições de fazer melhor do que fizemos no primeiro tempo e teremos que fazer isso”, disse o técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane. “Vir aqui e ser colocado sob a pressão que eles nos colocaram, nós soubemos que tínhamos que lutar. Não podemos ficar satisfeitos com a exibição do primeiro tempo, mas temos de estar satisfeitos com nosso desempenho no segundo tempo”.

O Real contou mais uma vez com o capitão Sergio Ramos para sair do buraco. O Napoli estava começando a acreditar que poderia avançar depois que Mertens marcou aos 24 minutos do primeiro tempo, mas Ramos provou mais uma vez que ele é o homem para as grandes ocasiões.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O zagueiro espanhol marcou o gol de empate seis minutos depois do intervalo de cabeça. Depois, aos 11, em novo cabeceio, anotou novamente, ajudado por um desvio em Mertens. “Estamos satisfeitos por ter Sergio aqui, de vez em quando ele aparece com um gol de cabeça”, afirmou Zidane, com um sorriso no rosto, após o triunfo em Nápoles.

Em 2014, foi de Ramos, de cabeça, o gol que levou a final da Liga dos Campeões para a prorrogação, quando o Real Madrid assegurou a sua décima conquista e a primeira em 12 anos com a vitória por 4 a 1. Além disso, na decisão de 2016, ele também foi às redes no empate por 1 a 1 – o seu time foi campeão nos pênaltis, sendo que as duas finais foram diante do Atlético de Madrid.

O trio ofensivo do Real Madrid, apelidado de “BBC” e formado por Karim Benzema, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo, pouco fez, ainda que o português tenha acertado a trave no primeiro tempo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Gareth ajudou Dani (Carvajal) nos aspectos defensivos, assim como Cristiano”, disse Zidane. “É tudo sobre toda a equipe. Nós não começamos bem na primeira metade e fizemos um bom trabalho no segundo. Somos um grupo e Gareth e Cristiano nos ajudaram muito”.

O Real Madrid agora terá quase um mês antes do jogo de ida das quartas de final e poderá se concentrar no Campeonato Espanhol. Entre os dois duelos com o Napoli, o time venceu três de cinco jogos, estando em segundo lugar, um ponto atrás do líder Barcelona, mas com uma partida a menos.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *