Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Mistura de preto e laranja da nova McLaren desaponta fãs

Brasília de Fato

Publicado

em

McLaren

Com o lema de “vire seu jogo”, time apresenta carro em cerimônia realizada na fábrica de Woking, na Inglaterra, mas decepciona fãs, que fazem comparações com carros antigos

Desde o fim do ano passado, a McLaren vinha dando dicas de que o seu carro para 2017 viria laranja, a cor original dos primeiros modelos da equipe. E apesar de a cor estar lá, o time britânico apostou também no preto no MCL32, apresentado na manhã desta sexta-feira, na fábrica de Woking, com a presença da dupla Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne. Enquanto parte dos fãs aprovaram a mistura, para a maior parte dos que assistiam ao lançamento ao vivo no Youtube, o resultado decepcionou e o modelo desta temporada já está sendo comparado com Marussia, Spyker e Arrows, equipes que já não fazem mais parte da Fórmula 1.

A expectativa quanto ao desempenho do MCL32 é grande, já que a evolução do time britânico em 2016 foi notória se comparado com o ano anterior, quando a icônica parceria com a Honda foi restabelecida. O motor tem uma nova arquitetura e layout para este ano, além da adoção da barbatana grande na parte traseira do carro, como vista na Force India, e de uma asa dianteira agressiva, um dos pontos positivos do modelo de 2017. Com o MCL32, a McLaren busca voltar ao caminho do sucesso, o que não acontece desde 2012.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Baseando-se em dois anos de experiência adquirida e no constante progresso, a Honda fez grandes mudanças no conceito e no layout da nossa unidade de potência de 2017, a RA617H. As principais áreas em que focamos foi a diminuição do peso e a mudança para um centro de gravidade mais baixo, com o objetivo de melhorarmos o equilíbrio do carro, e com isso gerar mais potência do motor de combustão interna (o ICE ou Internal Combustion Engine) – afirma Yusuke Hasegawa, chefe do projeto de F1 da Honda.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *