Goleada causa ‘terremoto’ em Barcelona e ameaça Luis Enrique

MADRI– A goleada de 4 a 0 sofrida pelo Barcelona na partida contra o Paris Saint-Germain pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa provocou um “terremoto” no Camp Nou.   

Atrás do Real Madrid no Campeonato Espanhol e à beira de uma contundente eliminação na Champions, o técnico Luis Enrique foi duramente criticado pela imprensa, que já fala em demissão ao fim da atual temporada.

Segundo a emissora de rádio “Cadena COPE”, o elenco do Barça não acredita mais na capacidade do treinador e aposta em sua saída.

De acordo com o veículo, os jogadores estariam “desmotivados com o rumo da equipe” e não veem Luis Enrique como alguém capaz de encontrar soluções.

O próprio Sergio Busquets, um dos líderes do Barcelona, disse que a “montagem tática” do PSG foi melhor que a do Barcelona, o que explicaria a derrota. Na coletiva após a partida, Luis Enrique ainda discutiu asperamente com um jornalista que havia questionado suas alterações no decorrer do jogo.

O treinador teve até de ser contido por funcionários do clube catalão para não avançar contra o repórter. “Desastre”, escreveu nesta quarta-feira (14) o jornal “Mundo Deportivo”, principal diário de esportes da Catalunha. “Um Barça sem alma nem jogo cai com barulho em Paris”, acrescentou.

Já seu concorrente “Sport” decretou: “Isso não é o Barça”. “A equipe de Luis Enrique recebe uma humilhação histórica em Paris”, escreveu o jornal, que colocou apenas Neymar e o goleiro Ter Stegen entre os que se salvaram do vexame.

A partida de volta contra o PSG será no próximo dia 8 de março, em Barcelona, e os donos da casa precisarão vencer por pelo menos 5 a 0 para se classificar – 4 a 0 levará o duelo para os pênaltis. (ANSA)

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

treze − nove =

Mais lidas

Send this to a friend