Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Flamengo goleia Madureira, avança em 1º e enfrenta o Vasco na semifinal

Brasília de Fato

Publicado

em

Flamengo

Com 100% de aproveitamento, Rubro-Negro vence por 4 a 0 e assegura vantagem do empate na próxima fase da Taça Guanabara. Jovem Lucas Paquetá marca golaço da intermediária

Era um jogo entre duas equipes classificadas, mas a escalação do Flamengo mostrava, antes mesmo de a bola rolar, a importância da vitória. Com a sua força máxima em campo, o Rubro-Negro dominou as ações e, sem sustos, venceu o Madureira por 4 a 0.

Os gols foram marcados por Diego, Guerrero, Mancuello e Lucas Paquetá – que assinou uma pintura chutando da intermediária. Foi o primeiro do jovem no time profissional. A vitória garante ao Fla a vantagem do empate na semifinal e o mando de campo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O Flamengo avança como líder do grupo B da Taça Guanabara, e o Madureira em segundo. Desta forma, a semifinal do Rubro-Negro será diante do Vasco. A equipe do técnico PC Gusmão, por sua vez, enfrentará o Fluminense.

As duas partidas serão disputadas no sábado. Fla x Vasco, às 18h30, sem lugar definido. Fluminense e Madureira será às 16h30, em Volta Redonda.

O Flamengo teve mais volume de jogo desde o princípio. Abusou de cruzamentos, mas viu tudo ser cortado pela defesa. Foram 15 escanteios para o Rubro-Negro somente na etapa inicial. Bem posicionado, Guerrero teve primeira grande chance, parando na boa defesa do goleiro Rafael Santos. Alex Muralha, por sua vez, só foi exigido aos 43 minutos da etapa, em chute de Julio Cesar.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Quando parecia que o Madureira iria conseguir segurar o empate até o intervalo, o zagueiro Alex Moraes levou o segundo amarelo e foi expulso. Um minuto depois, já aos 45, o Fla abriu o marcador. Diego ganhou uma dividida dentro da área e chutou forte no ângulo: 1 a 0.

Mesmo com um jogador a menos, o Madureira não abriu mão de ir ao ataque logo na volta do segundo tempo. Aos quatro minutos, Julio Cesar cruzou para Esquerdinha, livre de marcação, cabecear e parar no travessão. Passado o susto, o Flamengo voltou a aparecer bem no ataque e tratou de sacramentar a vitória. Com 19 minutos, Guerrero recebeu um lançamento preciso de seu compatriota Trauco, ganhou do marcador e chutou forte, sem chance de defesa: 2 a 0.

Ainda dava tempo para mais. Logo após entrar em campo no lugar de Guerrero, Felipe Vizeu armou grande jogada pela esquerda e cruzou para Mancuello. Desmarcado, o argentino garantiu o terceiro gol do Fla. O lance mais bonito do jogo, no entanto, ficou para o apagar das luzes. Lucas Paquetá lançou Mancuello, e o goleiro Rafael interceptou o passe. A bola acabou voltando para Paquetá que chutou de primeira lá da intermediária, marcando um belíssimo gol por cobertura. O jovem acertou no ângulo e marcou seu primeiro gol como profissional: 4 a 0.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *