Brasília Vôlei joga bem, mas perde para o Vôlei Nestlé fora de casa

Brasília Vôlei

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei esteve no Ginásio José Liberatti, em Osasco, na noite de sexta-feira (10) e não conseguiu bater o Vôlei Nestlé. As mandantes venceram por 3 sets a 1 e mantiveram a invencibilidade em casa. As parciais foram 25/23, 20/25, 25/18 e 30/28. O resultado mantem o Brasília com 32 pontos na quarta colocação. Tandara foi eleita a melhor em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei.

O treinador Anderson Rodrigues optou por começar a partida com a seguinte escalação: Macrís; Paula Pequeno; Amanda; Andréia; Vivian; Roberta e Silvana (passe) e Fernanda (defesa).

O jogo

O Brasília começou pontuando no primeiro set em 21 segundos de rali. Amanda explorou o bloqueio e o Osasco não conseguiu repor a bola em jogo. Aproveitando de dois erros das paulistas e um ace de Andréia, as brasilienses fizeram 4×0. O Vôlei Nestlé empatou e equilibrou o confronto (14/11). Com bons ataques de Paula Pequeno pela entrada de rede as brasilienses marcaram 20/18 e voltaram para a partida. Utilizando melhor os bloqueios na reta final o Osasco fechou em 25/23.

Foto: João Pires/Fotojump

O Segundo set começou com os times trocando pontos, mas o Osasco continuava explorando mais os bloqueios (4/3). O empate do Brasília veio na bola de cheque de Roberta no contra-ataque (5/5). Em uma grande noite de Amanda, na largadinha o Brasília virou para 11/12. O time de São Paulo sentiu o bom momento do Brasília e não conseguiu mais impor o jogo. Melhor para Paula Pequeno, Amanda e Macrís, que colocavam a equipe da Capital em vantagem (15/19). Com Mari Helen revezando no saque e Fernanda na defesa, o Brasília passou a defender melhor e conseguiu fechar o set em 20/25.

No retorno à quadra as comandadas de Luizomar voltaram mais focadas e rapidamente abriram vantagem no placar forçando o saque e quebrando o passe do Brasília (10/5). Numa sequencia de ataques para fora o Brasília encostou (10/9). Mesmo com o empate, as mandantes, com o apoio da torcida, acertaram os fundamentos e dominaram o set até o fim (25/18).

Se o terceiro set foi do Osasco, o quarto set começou com tudo para as atletas do Brasília. Quebrando o passe de Dani Lins, Paula Pequeno e cia. Abriram quatro pontos (1/5). O Vôlei Nestlé diminuiu com Tandara para 8/10 após grande rali. O período seguiu com igualdade das equipes, mas precisando da vitória no set, o Brasília encaixou o jogo no meio de rede e empatou, mas não adiantou e o Osasco fechou em um apertado (30/28).

O técnico Anderson Rodrigues analisa o confronto. “Foi uma partida equilibrada, mas com muitos erros individuais. Precisávamos de um pouco mais de conjunto e isso acabou pesando. Foi um jogo bom, lá e cá, mas precisamos melhorar ainda na qualidade das bolas. Demos uma evoluída em relação aos jogos anteriores, mas vamos melhorar. Temos mais dois dias para treinar e acertar para o jogo com o Minas”, explicou.

Minas em casa

Após a viagem para Osasco, o Terracap/BRB/Brasília Vôlei jogará em casa contra o Camponesa/Minas. O compromisso será na próxima terça-feira (14), às no Ginásio do SESI-Taguatinga. Os ingressos já estão à venda na bilheteria e custam R$ 20,00 (meia). Não haverá transmissão pela TV.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

12 − 5 =

Mais lidas

Send this to a friend