Irlandês posta imagem em que aparece comemorando nocaute sobre o rival, e cita jogador de basquete que foi pivô de episódio de violência doméstica e prisão de Floyd

Conor McGregor não perdeu tempo para responder às declarações de Floyd Mayweather Jr. de que desejava enfrentá-lo no boxe. O campeão dos pesos-leves do UFC publicou nas redes sociais na noite de quarta-feira uma arte em que aparece com os braços erguidos sobre o corpo caído e desacordado do pugilista multicampeão mundial, segurando três dos cinturões do americano.

E não parou por aí: o irlandês ainda pegou pesado na provocação ao escrever na legenda: “Me chame de CJ Watson!” Watson é um jogador da NBA (liga profissional de basquete nos EUA) que teria sido o pivô da crise de ciúmes de Mayweather com Josie Harris, sua ex-namorada e mãe de três de seus filhos, e levado à sua prisão por violência doméstica em 2010. Segundo o boletim de ocorrência da polícia, o pugilista se irritou ao ver mensagens de texto do jogador no celular de Harris, na época já separada dele, e a agrediu. Mayweather seria condenado e passou 90 dias preso por conta do incidente.

Em entrevista ao programa “First Take”, da ESPN, na quarta-feira, “Money” revelou que ofereceu a McGregor uma bolsa de US$ 15 milhões para que a luta acontecesse, muito acima do que tem tido no UFC, mas bem distante da que o boxeador receberia: US$ 100 milhões garantidos. Mayweather não luta desde setembro de 2015, quando anunciou sua aposentadoria do boxe, mas vem negociando um retorno para fazer sua 50ª luta desde o ano passado. McGregor já chegou a exigir a mesma bolsa de US$ 100 milhões para enfrentá-lo. No momento, o irlandês está afastado das lutas à espera do nascimento do seu primeiro filho, o que deve acontecer em maio próximo.

G1

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

um × 5 =

Send this to a friend