Mesmo com Saquarema confirmada, Maresias vira plano B para receber etapa do surfe

Um fator que pode pesar é a crise econômica no Rio

A Liga Mundial de Surfe (WSL, da sigla em inglês) já anunciou os locais das 11 etapas do Circuito Mundial masculino no próximo ano e confirmou Saquarema, no Estado do Rio de Janeiro, como palco do evento brasileiro da elite masculina e feminina, entre 9 a 20 de maio. Só que, caso algum problema aconteça, já existe um plano B.

Maresias, em São Sebastião, poderia tomar o lugar de Saquarema caso os dirigentes não consigam as garantias para a realização do evento. A praia onde moram dois surfistas da elite – Gabriel Medina e Miguel Pupo – costuma ter boas ondas no período de realização e conta com o apoio do novo prefeito eleito de São Sebastião, Felipe Augusto, do PSDB.

Ele é do mesmo partido do governador paulista Geraldo Alckmin, que também estaria disposto a trazer a principal etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe para o Estado. Na avaliação deles, o evento atrairia recursos e patrocinadores. Desde o título mundial de Medina, em 2014, Maresias ganhou status de meca do surfe no País.

Apesar de o município de Saquarema estar com as finanças em dia – é um caso raro no Estado – e já ter quitado o salário e o 13º dos servidores, existe uma preocupação de como a economia local estará no próximo ano.

A WSL teve de lidar com um grande problema em 2015 com o evento prime de surfe em Saquarema, da divisão de acesso do Circuito Mundial, quando a empresa promotora Adding Sports & Entertainment não pagou a premiação dos atletas. Após mais de seis meses de negociação, a própria WSL pagou os US$ 250 mil (R$ 819 mil).

Em novembro de 2015, Maresias recebeu o HD Oi São Paulo Open, uma etapa do QS de 10 mil pontos. Com premiação de US$ 250 mil, o evento teve patrocínio de Oi, HD e Banco do Brasil, copatrocínios de Construtora Nosso Lar, Vult Cosméticos, Back Fish e Rádio 89 FM, além de apoios do Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de São Sebastião.

Independentemente de como se desenrole as etapas em 2017, Maresias já se colocou à disposição para no futuro receber um evento do calendário. A intenção é abrir as portas para o turismo e divulgar as belezas locais para todas as partes do mundo.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dois × 2 =

Send this to a friend