Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Hamilton e Nico dão azar; Ricciardo e Verstappen fazem dobradinha da RBR

Avatar

Publicado

em

Em GP da Malásia imprevisível, inglês quebra quando liderava. Alemão é tocado por Vettel na largada, reage e amplia ponta com 3º lugar. Resultado adia tri da Mercedes

Por GloboEsporte.com

Sepang, Malásia

Não precisou nem chover em Sepang para que tivéssemos um GP da Malásia imprevisível e emocionante. Azar de quem não acordou de madrugada para assistir à corrida, válida pela 16ª etapa da temporada 2016.

A vitória esteve nas mãos de Lewis Hamilton e Max Verstappen, mas acabou com um determinando Daniel Ricciardo, que se recusou a facilitar a vida do companheiro holandês e foi recompensando com o triunfo em uma surpreendente dobradinha da RBR. A dupla aproveitou muito bem a falta de sorte dos pilotos da Mercedes.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Hamilton sofreu uma quebra de motor quando liderava a 15 voltas do fim e abandonou. Nico Rosberg foi tocado por Sebastian Vettel na largada, caiu para último, mas protagonizou uma reação espetacular e ainda completou o pódio. Felipe Massa, da Williams, teve uma pane no acelerador na volta de apresentação, precisou largar dos boxes, teve um pneu furado durante a corrida e terminou apenas em 13º. Felipe Nasr, por sua vez, abandonou com problemas nos freios da Sauber.

Daniel Ricciardo, Max Verstappen e Nico Rosberg no pódio do GP da Malásia (Foto: AP)Daniel Ricciardo, Max Verstappen e Nico Rosberg no pódio do GP da Malásia (Foto: AP)

Com o resultado, a RBR adiou o iminente tricampeonato da Mercedes no Mundial de Construtores. Já no Mundial de Pilotos, Rosberg saiu no lucro. O alemão, que tinha tudo para perder a liderança para Hamilton após cair para último, alcançou os 288 pontos e abriu 23 de vantagem para o britânico restando cinco etapas para o fim do campeonato. Confira a classificação completa. A próxima etapa é já no próximo fim de semana, no Japão.

Motor de Lewis Hamilton estourou quando britânico liderava GP da Malásia (Foto: Divulgação)Motor de Lewis Hamilton estourou quando britânico liderava GP da Malásia (Foto: Divulgação)

Quando Rosberg foi tocado por Vettel na largada e caiu para a última posição, tudo levava a crer que Hamilton estava com o caminho livre para uma vitória tranquila. Mas um safety car na 9ª volta mudou a história da corrida. Verstappen aproveitou para antecipar o primeiro pit stop, assumiu a liderança quando o inglês foi para os boxes e despontou como favorito à vitória.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Com a segunda parada do holandês, Hamilton reassumiu a ponta e tentou abrir vantagem suficiente para voltar à frente quando fosse novamente aos boxes.

Em terceiro e tentando não deixar o piloto da Mercedes abrir, Max encontrou uma inesperada resistência do companheiro Ricciardo. Ao contrário de Hamilton, o australiano decidiu se manter na pista até o fim e se colocou na briga pela vitória. Foi então que o motor do britânico quebrou.

Ricciardo e Verstappen aproveitaram o novo safety car para parar nos boxes e, com pneus novos, o “aussie” não teve problemas para administrar a vantagem sobre o companheiro de RBR. É a quarta vitória de Ricciardo na carreira, a primeira na temporada.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Um triunfo que vinha amadurecendo ao longo do ano, após a equipe austríaca desperdiçar duas chances com o piloto na Espanha e em Mônaco. No pódio, ele comemorou com o já famoso “shoey”, bebendo champanhe dentro da sapatilha.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *