Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Velho conhecido? Renato entra na mira para suceder Roger no Grêmio

Avatar

Publicado

em

Treinador tem nome avaliado pela diretoria para permanecer até o final do ano

Por Diego Guichard

Porto Alegre

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Em busca do novo, mas de volta às origens. Para resgatar o espírito do Grêmio e tentar beliscar uma vaga na Libertadores, por mais difícil que seja no cenário atual, o Tricolor gaúcho pode apostar em uma mudança brusca e apostar em Renato Portaluppi como técnico para o lugar de Roger Machado. O clube analisa o nome do ídolo para assumir pelos três meses restantes.

No entanto, Renato está longe do perfil inicial traçado pela diretoria, de um profissional jovem e moderno, com ideias parecidas às de Roger. Por outro lado, o contrato emergencial até o fim do ano não seria empecilho, já que o clube passará por um processo eleitoral e pode haver mudança na presidência. Caso entre em acordo, Renato terá sua terceira passagem pelo Grêmio como técnico.

O mandatário Romildo Bolzan Júnior é enfático: o novo treinador precisa aceitar um contrato até dezembro, com possibilidade de renovação automática. E ainda nega contato com o eterno camisa 7. Diz, entretanto, ter sido procurado por empresários de dois profissionais.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

– O Grêmio não procurou o Renato – frisa Romildo.

O departamento de futebol também terá mudanças. O vice-presidente Adalberto Preis deve assumir como vice de futebol.

– Adalberto Preis é um nome muito respeitado no Grêmio e com uma passagem importante no futebol. Vice-presidente do clube, capaz e honrado. Qualquer participação dele seria absolutamente importante – admitiu Romildo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Outro que pode entrar no futebol é Paulo Bonamigo, também ex-jogador tricolor e cotado para atuar como coordenador técnico. O presidente elogia o trabalho de Bonamigo.

– O Bonamigo está morando no Rio. Gosto muito do estilo dele. É um gaúcho criado em Ijuí com cultura toda própria de fazer futebol. O papel do coordenador está mais vinculado no perfil que estamos montando de uma pessoa do vestiário que pode ter sido jogador – explica o dirigente.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *