Dia do Independência: com dois de Fred, Galo bate o Vitória e segue na cola do Palmeiras

No dia em que se comemora a Independência do Brasil, Fred se mostra inspirado e define triunfo atleticano no Horto. Galo sobe para a vice-liderança, enquanto Vitória entra no Z-4

No feriado pela Independência do Brasil, o Atlético-MG fez o que se esperava dele: venceu o Vitória no estádio Independência (coincidência?), subiu momentaneamente para a vice-liderança e colocou pressão para cima do Palmeiras, líder da Série A. Inspirado, Fred marcou os dois gols do triunfo e ainda perdeu um caminhão de chances, duas delas dignas de Inacreditável Futebol Clube. Robinho também entrou para o time ao errar uma finalização sem goleiro. O Vitória marcou com o zagueiro Kanu, gol que foi insuficiente para evitar que a equipe entrasse na zona do rebaixamento.

Primeiro tempo

O Vitória até começou de forma surpreendente, exercendo marcação alta para cima do Atlético-MG, mas aos poucos os mineiros foram mostrando quem eram os donos do pedaço. A equipe do técnico Marcelo Oliveira empilhou oportunidades de gols, algumas delas claríssimas, mas só conseguiu balançar as redes uma vez, com Fred. Do lado dos baianos, Marinho teve uma chance impressionante quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0, mas acabou desperdiçando.

Segundo tempo

O Vitória voltou melhor do intervalo e conseguiu o gol cedo, com Kanu, que marcou de cabeça. A alegria dos visitantes durou pouco, pois Fred, de novo ele, voltou a colocar o Atléticoi-MG em vantagem. A partir daí, o Galo passou a cozinhar o jogo e apostar nos contra-ataques. O Vitória se lançou para o ataque, mas sem a qualidade necessária para empatar a partida. O jogo ainda teve, só na segunda etapa, outras duas chances incríveis desperdiçadas, uma por Fred e outra por Robinho.

Saiba mais

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

um + 6 =

Send this to a friend