Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Corinthians vence o Cruzeiro por 2 a 1 na arena e leva vantagem mínima para BH

Avatar

Publicado

em

Timão faz dois gols em apenas oito minutos no segundo tempo, mas Raposa diminui. Paulistas jogam pelo empate no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Mineiros precisam de vitória simples

No dia em que o ataque voltou a funcionar, um erro defensivo impediu que o Corinthians abrisse uma boa vantagem sobre o Cruzeiro, nas quartas de final da Copa do Brasil. Depois de o Timão marcar dois gols em apenas oito minutos no segundo tempo, a Raposa aproveitou uma falha do zagueiro Balbuena para descontar para 2 a 1, nesta quarta-feira, em Itaquera, e ainda seguir viva na briga por uma vaga nas semifinais.

O Corinthians joga por um empate, no dia 19 de outubro, no Mineirão, para se classificar. Como marcou fora de casa, o Cruzeiro, que ainda luta para fugir do rebaixamento no Brasileirão, avança com um triunfo por 1 a 0. Caso o placar se repita a favor da Raposa, a decisão será nos pênaltis. Quem passar pega Palmeiras ou Grêmio.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

PRIMEIRO TEMPO

A carência ofensiva impediu que o Corinthians sufocasse no primeiro tempo. O Timão teve mais posse de bola, mostrou um bom jogo coletivo, mas faltou qualidade na frente. As duas melhores oportunidades caíram nos pés de Rodriguinho. Em ambas, o meia chutou por cima de dentro da área. Com muita velocidade no ataque, o Cruzeiro jogou à espera dos espaços nos contra-ataques e cresceu nos minutos finais. Willian acertou o travessão de Walter aos 42 minutos

SEGUNDO TEMPO

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O Corinthians voltou mais intenso para o segundo tempo e conseguiu abrir o placar logo no primeiro minuto. Em impedimento, Marquinhos Gabriel pegou rebote de Rafael após chute de Rodriguinho e cruzou. O zagueiro Léo tentou cortar antes da chegada de Romero na pequena área e marcou contra . Pouco depois, aos oito, o Timão ampliou. Marlone bateu errado de longe, mas Romero foi esperto para se antecipar e desviar de cabeça no canto direito.

Se o Corinthians cresceu, o Cruzeiro despencou na etapa final. Arrascaeta, Ábila e Alisson entraram e ajudaram a equipe a ter uma leve melhora. O gol saiu aos 32 em uma falha defensiva dos paulistas. Balbuena errou o cabeceio em chutão do goleiro Rafael, e a bola sobrou para Ábila. Robinho recebeu dele na entrada da área e chutou no canto direito de Walter. O Timão ainda tentou voltar a pressionar, mas não teve força.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *