Siga o Jornal de Brasília

Teatro

Brasília recebe espetáculo inspirado na velocidade das redes sociais

Brasília de Fato

Publicado

em

Brasília recebe espetáculo inspirado na velocidade das redes sociais

Montagem de dança tem duas apresentações no Teatro dos Bancários, em 9 de novembro

A Cia. Dançurbana apresenta no dia 9 de novembro em Brasília o espetáculo Fluzz. A montagem é apresentada em duas sessões, às 15h e às 20h30, no Teatro dos Bancários (EQS 514/515) e tem entrada gratuita. A obra mistura as danças urbana e contemporânea, além de improvisação para mostrar que o corpo é um grande comunicador. O nome fluzz deriva deriva dos termos fluxo o buzz, este último utilizado quando se fala em propagação de um assunto nas redes sociais.

O grande fluxo de informações e a velocidade da comunicação contemporânea serviram de base para a composição da coreografia, explica o diretor do espetáculo Marcos Mattos. “Nossa pesquisa durou três meses e buscamos mostrar o corpo como objeto desse boom de conexões a que estamos expostos no dia-a-dia”, define.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Brasília recebe espetáculo inspirado na velocidade das redes sociais

Brasília recebe espetáculo inspirado na velocidade das redes sociais

O título da obra faz referência ao trabalho de Augusto de Franco, escritor e investigador da “Nova Ciência das Redes”. A proposta de questionar os corpos e conexões em movimentos que dialogam com o mundo das redes coincidiu com os estudos do pesquisador, explica Marcos.

Na montagem, os dançarinos atuam como intérpretes e criadores. O elenco é composto por Adaílson Dagher, Ariane Nogueira, Irineu Ruach, Jackeline Mourão, Ralfer Campagna e Rose Mendonça. O grupo se vale de elementos das danças urbanas, como as marcações fortes e as contrações musculares. “Trabalhamos com a questão da velocidade cênica e também da pausa, que é extremamente necessária nos tempos em que vivemos”, detalha o diretor.

A trilha sonora é executada ao vivo pelo Vj Reginaldo Borges, que usa samples para compor a sonoridade eletrônica. Além da música, projeções são utilizadas durante a coreografia, com imagens compostas por cenas urbanas que ressaltam a arquitetura de cidades, reproduções de video-games e reproduções de trechos de reportagens de telejornais.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Fluzz foi apresentado em Campo Grande (MS), Goiânia (GO) e Anápolis (GO) e após as apresentações em Brasília volta a ser encenada na capital sul-matogrossense, cidade sede da Cia. Dançurbana. O espetáculo, em cartaz desde 2016, tem patrocínio da Lei Rouanet, O Boticário na Dança, Eletrobrás Furnas e Digix.

Sobre a companhia

A Dançurbana começou sua atuação em 2002, em Campo Grande e ganhou visibilidade nacional nos últimos anos, com espetáculos em cartaz em vários estados. Participou do projeto Palco Giratório 2014 e do Sesc Amazônia das Artes 2012. Ganhou por duas vezes o edital O Boticário na Dança e é a única companhia sul-mato-grossense a ter essa chancela. Sua atuação inclui também o contato com outras companhias de Campo Grande, funcionando como um espaço de ensaio e permanência coletivo.


SERVIÇO

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Fluzz

9 de novembro, com sessões às 15h e 20h30
No Teatro dos Bancários (Entrequadra 514/515 Sul ,Bloco A)
Entrada gratuita

Classificação: livre

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Informações: (61) 3262-9090

 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *