Na Praia é liberado e segue normal até setembro

Na quinta (8) passada a juíza substituta Simone Garcia Pena derrubou a suspensão do Na Praia

Nesta quarta-feira (14) o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) permitiu a continuidade das atividades do Na Praia, que tem programação até setembro.

Carlos Frederico Maroja de Medeiros, juiz da Vara de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário Do DF, deferiu pedido liminar para suspender provisoriamente atos administrativos aplicados pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram), que havia interditado o evento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O magistrado recomendou atenção redobrada para conter ou minimizar os “incômodos relatados pelos moradores da região” em uma ação civil pública contra o evento.

Este ano o parque temático já tinha recebido três autos de infração, com aplicação das penalidades de advertência e multas de R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 307 mil, durante os meses de junho e julho. A penalidade foi aplicada com base na Lei nº 4.092/2008, que regula o controle da poluição sonora e os limites tolerados da emissão de sons e ruídos no DF.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

2 + 7 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend