Festival Unindo Tribos leva o melhor do rock para o Recanto das Emas

Bandas Baratas de Chernobyl (DF), Mercenárias (SP), Finis Africae (RJ), dentre outras prometem agitar o evento. Entrada franca.

O melhor do novo e do velho rock feito em Brasília e no Brasil vai ganhar os palcos do Distrito Federal em um dia de muito rock’n’roll na veia. Evento democrático, de graça para a população, o Festival Unindo Tribos tomará conta do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU – Quadra 113 Área Especial 1) do Recanto das Emas, no dia 4 de maio, sábado, das 11h às 23h. Classificação livre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Serão 12h de shows e diversão, com direito ainda a torneio de skate, DJs, oficina de sonorização e de grafite. Pelo palco montado no CEU da Artes especialmente para o evento, grupos de renome não vão faltar. A banda paulista As Mercenárias e a brasiliense radicada na cidade do Rio de Janeiro (RJ), Finis Africae, são atrações que prometem agitar o festival.

A banda As Mercenárias surgiu na década de 80 e é famosa pelo som pesado, com letras politizadas e um estilo punk-hardcore feminista. O trio de mulheres é formado por Sandra Coutinho (baixo e vocal), Naná Rizzini (bateria e vocal) e Marianne Crestani (guitarra e vocal). Pela primeira vez em Brasília, elas mostrarão o vigor de três décadas dedicadas ao rock. O som do grupo agrada fãs de Sex Pistols, Siouxsie & The Banshees, Joy Division, dentre outros. Já a Finis Africae retornará à capital federal após 10 anos. Formado por Cesar Ninne (guitarra), Eduardo de Moraes (vocal), Nelsinho Cerqueira (guitarra), Tony Miranda (baixo) e Robson Riva (bateria), o grupo tocará no show sucessos da década de 80 como Armadilha, Mentiras, Máquinas, Círculos e, ainda, canções novas, como Santa Julia e Abrolhos. O Finis Africae é famoso por tocar um rock mais melódico e dançante.

Mas não para por aí. Idealizadora do festival, a banda brasiliense Baratas de Chernobyl chega para eletrizar os roqueiros de plantão com um rock também vibrante. O grupo formado por Elvis Rutherford (voz), Maurício Andrade (guitarra), Márcio Villas Boas (baixo) e Ney Corrêa (bateria) acumula diversas premiações e shows pelo Brasil afora. A banda foi vencedora do Primeiro Festival de Música de Ceilândia para Brasília, além de ter participado do Festival Deepland, em São Paulo (SP), com a banda sueca The Beauty of Gemina. Em novembro de 2018, participou ainda das comemorações dos 30 anos da música Carta aos Missionários, da banda Uns e Outros, no Rio de Janeiro (RJ). Dentre as canções que o grupo irá tocar, 14 de Nisã virou tema de abertura do programa Distrito Cultural da emissora Rede Globo.

Segundo o baterista e também um dos idealizadores do evento, Ney Corrêa, o projeto surgiu da ideia de fazer um festival que englobasse todas as tendências do rock’n’roll. “Por isso, o nome Unindo Tribos. Estamos unindo vários estilos e uma galera fera de Brasília e do Brasil. Com rock da nova geração e também dos anos 80, da velha guarda”, destaca Corrêa.

O Festival Unindo Tribos tem o patrocínio da Secretaria de Cultura do Distrito Federal por meio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

O evento é uma iniciativa da banda Baratas de Chernobyl com participação de Armando Louder – Poëtka/iMusy Produções e produção executiva de Karita Pascollato e Criativa Empreendedorismo.

 

 

Rock para todos os gostos

            Post punk, gótico, pop rock e outros estilos vão tomar conta do Recanto das Emas. E o rock brasiliense terá sua vez. Além das bandas As Mercenárias, Baratas de Chernobyl e Finis Africae, pelo festival passarão ainda os grupos Vox Lugosi, Cálida Essência, Dom Ticones e a Entidade, Desonra, Os Containers, Os Fabulosos Viralatas e Deus Preto. Os DJ’s Armando Louder (RJ), Jully Dourado (DF) e Mauricio Kosak (DF) garantirão o som durante os intervalos.

            “Será um dia especial. Pretendemos estimular a arte, a cultura, o esporte, a cidadania e a inclusão. Nossa ideia é sensibilizar novos públicos e futuras gerações”, pontua Ney Corrêa.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Oficinas

            E para tornar o evento ainda mais interativo, no dia 3 de maio, sexta-feira, será realizada uma oficina de sonorização das 8h às 12h no CEU das Artes do Recanto das Emas. A oficina é gratuita e será ministrada pelos professores Daniel Santiago e Maurício de Andrade. O curso englobará conteúdos de fundamentos de áudio, aulas práticas e apresentação dos equipamentos de sonorização. Já no dia do festival, 4 de maio, haverá oficina de grafite também no CEU das Artes durante o evento. Dentro da programação, os alunos vão conhecer a história, obras e características da Arte Grafite, além de estudar a técnica de pintura em grande escala. Tudo grátis.

            Ainda no dia do evento (4) haverá torneio de skate. Os interessados em participar podem se inscrever pessoalmente nas lojas De La Crew Skate Tattoo Shop (QNM 20 Conjunto B Lote 46 – Ceilândia Norte) e Massa Skate Shop (Av. potiguar Q 205 cj 03 lt 04 lj02 – Recanto das Emas), ambas parceiras do Unindo Tribos. Informações: 3965-3986/3522-2696. As inscrições são gratuitas e limitadas.

 

Serviço

Festival Unindo Tribos

Data: 4 de maio (sábado)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Local: Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU – Quadra 113 Área Especial 1) do Recanto das Emas

Horário: Das 11h às 23h

Entrada gratuita

Classificação livre

Informações: 98130-6414

1 Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quatro × 2 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend