Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Padre Fábio de Melo faz 50 anos e recorda morte da mãe há 7 dias por Covid

O sacerdote, que completa 50 anos neste sábado (3), também comentou sobre a morte da mãe

Brasília de Fato

Publicado

em

Padre Fábio de Melo

O padre Fábio de Melo usou uma rede social para agradecer as mensagens de carinho pelo seu aniversário. O sacerdote, que completa 50 anos neste sábado (3), também comentou sobre a morte da mãe, Ana Maria Melo Silva, há uma semana, vítima de Covid.

“Dia de sombra e de luz. Ambíguo, barroco, como são os percursos da vida. Comemoro o meu nascimento, o sétimo dia da ressurreição de minha mãe, o silêncio que emana do sepulcro de Jesus”, escreveu o padre, em seu perfil no Instagram com uma imagem de Jesus Cristo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“O sábado é santo, o sábado é silêncio, o sábado é espera. Desfruto de uma paz que tem origem no Deus que me habita. Um sentimento de gratidão por ser quem sou, por ter sido minha vida exatamente como foi. Agradeço a cada um de vocês. Pela congregação que o tempo nos permitiu criar”, acrescentou Fábio de Melo, que recebeu parabéns de seguidores e famosos.

“Feliz aniversário cheio de amor, paz e fé. Te amamos”, escreveu Sabrina Sato. “Saúde, amor e acolhimento hoje e sempre! Deus te guie”, disse a apresentadora Eliana. Fafá de Belém, Virginia Cavendish, Eriberto Leão, Paloma Bernardi entre outros.

A mãe do padre Fábio de Melo, Ana Maria Melo Silva, morreu no dia 27 de março, aos 83 anos, vítima da Covid-19. Ela estava internada no hospital Santa Genoveva, em Uberlândia, Minas Gerais, desde o dia 15 de março.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Minha mãe partiu hoje. Logo cedo, como quem tem pressa de viver a eternidade. A mim resta a dor térrea, o ferimento que rasga o corpo e a alma. Ela me deu a vida num Sábado de Ramos, como hoje. Nossa simbiose reuniu as regras do nascer e do morrer. Obrigado, minha dona Ana”, escreveu padre, ao confirmar a morte da mãe em uma rede social.

Acompanhando a mensagem de despedida, estava um vídeo de um de seus shows, em que aparece cantando a música “Onde Deus Possa Me Ouvir” para a mãe, que assiste ao filho com um sorriso.

“Guarde meu coração com o seu. Até o dia que Deus voltar a me permitir deitar a cabeça no seu colo, enquanto você faz carinho nos meus cabelos, me chamando de Fabinho. Obrigado a todos vocês que rezaram, obrigado pelo amor com que vocês sempre nos trataram.”

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Assim que Ana Maria contraiu a doença, o padre usou as mesmas redes sociais para informar aos fãs do ocorrido. Lamentou, na ocasião, que a mãe havia recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19 tarde demais, cerca de dez dias antes de apresentar os sintomas.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *