Caso Neymar segue para nova Vara

Além de toda investigação, a justiça exige a inclusão das imagens de Neymar no hotel em que Najila se hospedou em Paris, de posse da polícia francesa, no inquérito

A Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, em São Paulo, é a nova responsável por apurar as investigações do caso de acusação de estupro de Neymar.

A justiça pediu que as Polícias Civil de São Paulo e do Rio de Janeiro encaminhem todas as informações que reuniram até o momento. Além do caso de estupro, apurações da suspeita de furto ao apartamento da modelo e a exposição de suas fotos íntimas no Instagram do jogador também devem fazer parte do processo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Além de toda investigação, a justiça exige a inclusão das imagens de Neymar no hotel em que Najila se hospedou em Paris entre os dias 15 e 17 de maio. As gravações dele chegando e saindo foram aprendidas pela polícia Parisiense.

A solicitação foi feita em 12 de julho no despacho que concedeu mais 30 dias de prazo para investigação. O caso segue em sigilo, sem revelar os motivos. Não há prazo para o inquérito de estupro ser concluído.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

12 − 7 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend