“Homofobia mata”, lamenta Maisa ao comentar sobre morte de fã

A jovem Maisa Silva usou o seu Twitter na noite dessa quinta-feira (4) para falar sobre homofobia. A garota de 16 anos descobriu que um de seus seguidores foi morto recentemente por ser homossexual.

“Acabei de ver o caso de um menino que morreu após sair de uma boate gay. Ele me seguia no Instagram. Não sei o que dizer, só queria orar pelo respeito e pelo amor no nosso mundo”, afirmou.

“A homofobia mata. O ódio e o preconceito caminham juntos, só não vê quem não quer. Só queria expressar minha tristeza e minha indignação”, completou Maisa. A atriz e apresentadora ainda respondeu seguidores e apoiou um outro internauta que afirmou ser bissexual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

4 × cinco =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend