Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Morte de Christian Dior completa 60 anos nesta terça

Avatar

Publicado

em

ROMA – A morte de um dos estilistas mais importantes do mundo e dono de uma das maiores marcas do universo da moda, Christian Dior, completa 60 anos nesta terça-feira (24).

Nascido no dia 21 de maio de 1905, na cidade de Grainville, ao norte da França, Dior faleceu em Montecatini Terme, na região da Toscana, na Itália, no dia 24 de outubro de 1957, aos 52 anos, em decorrência de uma parada cardíaca.

Desde criança, o francês mostrava gosto pela área artística e resolveu seguir neste ramo, mesmo que seu pai, um comerciante de fertilizantes, desejasse que ele seguisse por uma carreira diplomática.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Com o apoio financeiro do pai, e ao lado de um amigo, em 1928, o jovem Dior abriu uma galeria de arte para vender seus esboços de roupas. Devido a uma crise financeira na empresa da família, a galeria fechou alguns anos depois.

Entre 1937 e 1939, Dior ganhou uma oportunidade para projetar três coleções do estilista francês Robert Piguet, mas saiu para servir o Exército francês. Em 1942, começou a trabalhar no ateliê de Lucien Lelong, onde ele e Pierre Balmain logo se tornararam os dois principais estilistas.

Em dezembro de 1946, com a ajuda do empresário francês Marcel Boussac, Dior fundou sua própria casa de moda, a Christian Dior SA, que seria considerada, anos mais tarde, a maior empresa de luxo do mundo. Atualmente, a Dior é controlada pelo empresário Bernard Arnault e, segundo um levantamento em 2011, a marca fatura pouco mais de 41 bilhões de euros.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Por Patricia Vacalebri
ANSA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *