Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Isabella Santoni abençoa união de Letícia e Antônio, em ‘A lei do amor’, e dispara: ‘Tiago foi um cachorro!’

Brasília de Fato

Publicado

em

Isabella Santoni

Na reta final de “A lei do amor”, que termina dia 31, Isabella Santoni acha fofo Letícia ficar com Antonio (Pierre Baitelli). Afinal de contas, depois do que ela passou com a traição de Tiago (Humberto Carrão), terminar ao lado do ex-marido não soaria como um final feliz.

— Meus fãs sempre gostaram de ver Letícia e Antonio juntos. Ele é leve, divertido e a ama de verdade. Às vezes, algumas pessoas dizem ser uma pena Letícia não terminar com Tiago. Então, digo: “Pena? Você acha uma pena? Tiago foi um cachorro! Letícia merece ser feliz” — afirma Isabella, de 21 anos, que ficou ainda mais boquiaberta ainda quando viu que Pedro (Reynaldo Gianecchini) iria trair Helô (Cláudia Abreu): — Gente, quando vi isso no texto… Fiquei parada, olhando aquilo por uns 10 minutos e não acreditando…

Leia também:  Paulo Gustavo não tinha comorbidade, confirmam médicos

Tanto que Gianecchini quase foi ‘agredido’ pelas mulheres na trama nos bastidores.

— Ele veio defender Pedro justamente numa rodinha que só tinha mulher. “Ah, não você vai apanahar, aqui só tem mulher!” (risos). Ficamos revoltadas. A gente vive numa sociedade tão machista… Queria ver se fosse Helô a trair… — pondera.

Isabella vai terminar A lei do amor com um saldo bem positivo. Para quem começou a trama sendo alvo de críticas pela atuação e vendo a torcida para que Tiago ficasse com Isabela (Alice Wegmann), a atriz ganhou a simpatia do público, que passou a desejar que a bela se cure do câncer e tenha uma vida plena.

— Antes as pessoas diziam que queriam bater na Letícia, que ela era chata, mimada. Agora, dizem: “Por que você não bateu mais no Tiago e na Marina?” — conta a atriz, que lembra ter ficado chateada com o início mal visto pelo público: — O público constrói o personagem junto com a gente. A novela é o meu trabalho mais dificil. Fiquei triste, claro, mas Maria Adelaide (a autora), entrou em contato comigo e disse que a personagem ia ter uma virada, que era para eu confiar no trabalho, na equipe. E aconteceu. Sinto que isso me fez amadurecer.

Leia também:  Paulo Gustavo não tinha comorbidade, confirmam médicos

Prestes a estrear o musical “Leo e Bia”, no domingo, a atriz está numa correria só para conciliar os dois trabalhos. E já vem sentindo os feitos da jornada dupla.

— As pessoas dizem que sou louca de estar fazendo novela e teatro ao mesmo tempo (risos). Não estou dormindo nada. Para mim, são necessárias 10h para estar bem. Essa noite, por exemplo, dormi umas 5h (risos). Mas está sendo bom, porque estou ganhando estofo. E esse é o momento: sou jovem e com bastante energia! — diverte-se.

Marcelle Carvalho – Agência O Globo

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *