Siga o Jornal de Brasília

Celebridades

Viviane Araujo comemora 10 anos no Salgueiro e dispara: ‘Na Avenida me sinto poderosa’

Avatar

Publicado

em

Mas a também intérprete da Edith de “Rock story” prefere calçar as sandálias da humildade às vésperas de pisar na Marquês de Sapucaí, palco sagrado da folia carioca, pela 22ª vez consecutiva.

Abram alas, que a Rainha das Rainhas pede passagem. Viviane Araujo esquenta os tamborins para comemorar dez anos à frente da bateria do Salgueiro, no próximo domingo, com a elegância típica dos nobres.

— Só me sinto rainha dentro da minha casa, com o meu marido (o jogador de futebol Radamés), minha família e meus amigos. Meu palácio é a minha casa, meu reino está nas coisas simples, nas pessoas que me apoiam e estão sempre ao meu lado. Fico feliz em saber o quanto sou amada, admirada e respeitada pelas pessoas dentro e fora do mundo do samba, mas não me sinto a Rainha das Rainhas. É claro que, na Avenida, eu me sinto poderosa. É bom ouvir os homens exclamarem “Uau!” quando eu passo, mas me toca muito mais ver uma senhora chorando, emocionada diante da minha presença — conta a estrela da Vermelho e Branco da Tijuca, que levará para o Sambódromo o enredo “A divina comédia do carnaval”.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A paixão pelo carnaval e as muitas emoções envolvidas no desfile não permitem que a atriz de 41 anos pense em se aposentar do posto mais cobiçado do carnaval tão cedo.

—Tenho muito claro para mim que um dia eu vou parar, mas o carnaval nunca vai sair de mim. Não sei quando vou me despedir do posto de rainha, mas tenho certeza de que este será um momento bem triste. Só de falar nisso me dá vontade de chorar — afirma a beldade, com os olhos marejados.

Viviane Araujo se sente uma rainha quando está na companhia do marido, Radamés

Viviane Araujo se sente uma rainha quando está na companhia do marido, Radamés Foto: Marcelo Theobald / Extra – Canal Extra

Preparada para passar o bastão, Viviane não está. Mas o amor pela arte pode fazê-la reconsiderar a ideia de entregar a coroa, ainda que provisoriamente.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Paulo Gustavo não tinha comorbidade, confirmam médicos

— Se eu precisar estar fora do Rio num período de carnaval para gravar uma novela, deixo de desfilar. Minha profissão está em primeiro lugar. Mas tentaria negociar com o Salgueiro, pedir para ir ali e depois voltar — brinca, fazendo mistério sobre a fantasia, assinada por Guilherme Alves, que usará domingo que vem: — É segredo absoluto!

Nem eventuais críticas sobre a escolha de suas fantasias abalam Viviane. No ano passado, houve reação negativa quando ela surgiu vestida de malandro à frente da bateria da Vermelho e Branco da Tijuca. No último dia 5, durante o ensaio técnico da escola de samba, a atriz arrasou caracterizada de diabinha, mas não escapou dos comentários dos que prefeririam vê-la vestida de anjinha.

— Não vejo nada demais em estar vestida assim. É só uma fantasia de carnaval! Nunca desfilei incorporada, como já chegaram a falar. Nada vai me trazer carga negativa, simplesmente porque não quero isso para mim. Isso aí não me pega. Tenho a minha crença e sempre peço proteção — conta a também rainha de bateria da Mancha Verde, de São Paulo, complementando: — Sou católica, mas acredito muito nos orixás e gosto da umbanda.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Viviane Araujo reina na Sapucaí há 22 anos
Viviane Araujo reina na Sapucaí há 22 anos Foto: Marcelo Theobald

É sob as bênçãos de um padre que a musa espera viver outro dia de rainha, antes de o carnaval de 2018 chegar.

— Este ano, o casamento sai. Quero casar na igreja, com uma cerimônia bem tradicional, com vestido de noiva clássico, véu e grinalda. Com certeza, vai ser um dia especial, de rainha. A gente ia fazer no ano passado, mas veio a novela, deu um bololô, então adiamos. Não pensei ainda em que mês vai ser, mas tem que ficar para o fim do ano por causa das férias do Radamés (o jogador está morando em Varginha, Minas Gerais, onde defende o time do Boa Esporte) — explica.

O pedido de casamento, feito de surpresa no palco do “Domingão do Faustão” em dezembro de 2015, dias depois de a atriz vencer o quadro “Dança dos famosos”, fez do apresentador uma espécie de padrinho do casal, já que Fausto Silva anunciou a intenção de produzir a festa e exibi-la na TV. Viviane, no entanto, não confirma que o seu grande dia será transmitido em rede nacional:

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Paulo Gustavo não tinha comorbidade, confirmam médicos

— Não sei se vai ter “Faustão”, a gente ainda vai ver como vai ser…

Se a cobrança pelo casamento é rotina na vida dos dois, juntos há dez anos, o mesmo já acontece sobre a chegada do primeiro herdeiro.

— Não fico grilada com o que as pessoas pensam e falam. O que importa é o que eu quero. E essa questão de filho não depende só de mim. Eu já tentei e não aconteceu. Se não acontece de um jeito, vai acontecer de outro. Radamés já falou em adotar. Estamos tranquilos em relação a isso — garante.

O passar do tempo, inimigo da maioria das mulheres que adia a maternidade, também pode ser um aliado. Viviane que o diga:

— Não me trocaria por duas “Vivis” de 20 anos. Estou num período ótimo aos 41, trabalhando e feliz. Curti todas as fases da minha vida, então não busco a juventude eterna. Até faria plástica uma dia, mas ainda não é um assunto em que eu pense.

Nem precisa, diriam os seus súditos. A beleza da atriz, aparentemente imune ao passar dos anos, é enaltecida por homens e mulheres por onde ela passa.

— Sou cantada, mas não é aquela coisa do tipo “Quero sair com você!”. As pessoas sabem do Radamés e não chegam na cara de pau para me dar mole, no máximo passam um recadinho que alguém quer me conhecer. Mulher é até mais atirada do que homem. Falam que eu sou muito gostosa. Eu acho o maior barato receber cantada de mulher — diverte-se.

Viviane Araujo se entristece só de pensar que um dia vai deixar de ser rainha de bateria
Viviane Araujo se entristece só de pensar que um dia vai deixar de ser rainha de bateria Foto: Marcelo Theobald / Extra – Canal Extra

Até quando não há desejo sexual em jogo, as mulheres assediam mais Viviane do que os homens:

Leia também:  Paulo Gustavo não tinha comorbidade, confirmam médicos

— Meu público é muito mais feminino, acho que por conta da minha história de batalha. De alguma forma, motivo as mulheres a irem à luta, conquistarem seu espaço. Elas veem o meu exemplo de que “vim, vi e venci”. É legal saber que sou uma referência, mas existe o peso dessa responsabilidade. Tento orientar as meninas que se espelham em mim, falo da importância de ter caráter e de batalhar pelo que se quer, sempre.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Seguir seu caminho de cabeça erguida, independentemente do que os outros vão pensar, é outra lição que a atriz aprendeu e faz questão de passar adiante. Se foi discriminada quando fez sua primeira novela, “Império” (2014), ela garante que nem reparou.

— Não vi ninguém fazendo ou dizendo alguma coisa com que eu pudesse me sentir excluída, discriminada, mas acredito que pode ter acontecido algo nesse sentido. Não me importo, não estou nem aí. Podem falar o que quiserem, estou aqui. E, se Deus quiser, estarei na próxima novela do Aguinaldo (Silva) — torce, referindo-se ao autor que lhe deu seu papel de estreia na teledramaturgia, a manicure Naná.

A fama de guerreira não é infundada, mas Viviane não é exatamente a fortaleza que aparenta:

— Não sou tão forte assim, choro à beça. Mas sou perseverante, decidida, e sei o que eu quero. Isso tudo me torna essa mulher corajosa, mas também tenho as minhas fraquezas. Às vezes, acho que o mundo vai acabar. Mas sempre passa! — frisa.

Viviane é resultado da soma de tudo o que viveu até aqui:

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

— O que passei de bom e de ruim foi engrandecedor para a minha vida. Tudo é aprendizado e tem um porquê de acontecer. Se você está passando por uma situação que não é legal hoje, lá na frente vai entender a causa de isto ter acontecido. Tenho orgulho de tudo o que conquistei e sei que ainda tenho muito o que conquistar.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *