Cultura orientará interessados nas premiações do FAC

Oficina será ministrada na terça-feira (10) para facilitar o acesso de artistas e produtores culturais aos editais que destinarão R$ 1,05 milhão em recursos

Para facilitar o acesso público aos prêmios do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), no montante de R$ 1,05 milhão, a Secretaria de Cultura oferecerá uma oficina na terça-feira (10). A ideia é que artistas, produtores e empreendedores ligados ao setor entendam melhor os quatro editais inéditos, e recebam dicas sobre a elaboração das propostas para a concorrência.

A gerente de Comunicação para Diversidade, da Subsecretaria de Cidadania e Diversidade Cultural, Joceline Gomes, explica o objetivo. “Vamos tirar dúvidas sobre documentação, critérios de seleção, tempo de experiência necessária e o que mais for demandado pelos interessados”.

A primeira edição, segundo ela, servirá para a pasta avaliar as principais dúvidas sobre a iniciativa e a necessidade de fazer novas oficinas. “Também será uma forma de mapearmos a cultura local.”

A oficina ocorrerá no Espaço Multiplicidade de Coworking, na Asa Norte, às 19 horas, e será ministrada pela subsecretária de Cidadania e Diversidade Cultural, Jaqueline Fernandes.

A premiação foi criada para valorizar e reconhecer o trabalho de pessoas, grupos e organizações de Brasília que tenham contribuído para a consolidação da identidade local e para o fortalecimento das expressões culturais afro-brasileiras, do hip-hop, da igualdade de gênero e das culturas populares. Além da candidatura própria, qualquer pessoa pode indicar alguém que considere merecedor do prêmio, desde que o artista saiba que será indicado.

As inscrições podem ser enviadas até 1º de fevereiro de 2017 para o e-mail [email protected] ou feitas diretamente na sede da Secretaria de Cultura do DF (SCN, via N2, Anexo do Teatro Nacional Cláudio Santoro), de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas.

Divisão dos prêmios em quatro categorias

Na área de cultura afro-brasileira, 10 prêmios serão entregues para pessoas físicas e mais 10 para jurídicas. Na modalidade hip-hop, haverá premiações para pessoas físicas individuais (4), em grupo (10) e jurídica (1).

Na categoria de cultura popular, haverá 10 prêmios para mestras e mestres dos saberes e fazeres, e cinco para comunidades, com ou sem constituição jurídica própria.

Para a área de equidade de gêneros, os números e categorias são os mesmos de cultura afro-brasileira. São sete categorias que somam 70 prêmios de R$ 15 mil. Ainda não há data para a entrega, mas a previsão é abril de 2017. Dúvidas podem ser tiradas pelo e-mail [email protected].

Oficina para edital de prêmios do FAC

Em 10 de janeiro (terça-feira)

Às 19 horas

No Espaço Multiplicidade de Coworking (702/703 Norte, Bloco G, Lojas 46/47)

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove − onze =

Mais lidas

Send this to a friend