Jô Soares desabafa no ar: ‘A televisão está me deixando’

Em conversa com o economista Eduardo Giannetti, o apresentador deixou escapar um lamento pelo fim do seu talk-show na Globo

Em pelo menos duas ocasiões, Jô Soares já pareceu dar sinais de descontentamento com o fim do seu programa na Globo. A primeira foi em sua participação em uma chamada para o Adnight, de Marcelo Adnet, em que figurava sem grande entusiasmo para anunciar a chegada de mais um talk-show às madrugadas da emissora. Depois, ao desejar boa sorte a Fabio Porchat na estreia do seu late-show na concorrente Record, diretamente do seu programa, coisa que a Globo não permitia. Mas nunca foi tão enfático a esse respeito como na edição do Programa do Jô exibida na madrugada desta quarta-feira. Ali, em conversa com o economista Eduardo Giannetti, o apresentador deixou escapar um claro tom de lamento pelo fim da sua atração. “Não sou eu que estou deixando a televisão, é a televisão que está me deixando”, disse.

A declaração foi feita depois de Giannetti pedir ao humorista que não se afastasse da TV. O Programa do Jô está em sua úlima temporada e, no ano que vem, será substituído por um talk-show comandado pelo jornalista Pedro Bial, que por sua vez passa o comando do Big Brother Brasil a Tiago Leifert. Por ora, Adnet é uma opção secundária — seu programa é semanal e ainda está em teste.

O economista retribuía uma cobrança carinhosa de Jô, que dizia que ele deveria voltar a dar aula. “Você não pode se afastar disso, porque você tem o dom de ensinar a coisas com clareza”, disse Jô. Depois de dizer que voltaria a lecionar, depois de uma campanha presidencial e de um livro, Giannetti contra-atacou. “Então, eu vou agora falar sobre você: você não pode deixar a TV brasileira sem o seu humor e a sua inteligência.” Foi aí que Jô respondeu: “Por enquanto, é a televisão que está me deixando. Eu estou por aí. Não vou parar nunca.”

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

cinco × 5 =

Send this to a friend