Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Sambista brasiliense Breno Alves se prepara para turnê na Holanda

Show de Breno Alves vai contar com canções autorais e clássicos de grandes músicos do samba nacional

Publicado

em

O cantor e compositor brasiliense Breno Alves realizará, no início de julho, a turnê “Samba da Gota” com três apresentações pela Holanda. Produzido com canções dos seus álbuns autorais “Vai Melhorar” e “Samba de Candango”, o show também vai contar com canções clássicas de grandes sambistas brasileiros. Estas receberam nova roupagem com arranjos do trombonista e diretor musical Daniel
Rodrigues. Ao lado de Breno Alves (pandeiro e voz), estarão os músicos Nelson Latiff (violão de 7 cordas), Daniel Rodrigues (trombone) e Sandro Alves (percuteria).

Conheça o trabalho de Breno Alves:

A versatilidade de Breno Alves chega na Holanda como fio condutor para uma turnê regada de swing e leveza, marca registrada do artista. A turnê começa no dia 1º de julho por Amsterdã, com show na Bimhuis, a maior casa de jazz da Europa, que todos os anos realiza a tradicional roda de samba que leva o seu nome. Esta será a 11ª edição. “Tocaremos com músicos brasileiros radicados da Holanda e dividiremos a noite com o grupo brasileiro Cantorias”, destaca Breno.

O anfitrião da roda da Bimhuis é o guitarrista Nelson Latif, que convida músicos de diversas partes do Brasil. Juntos, eles evocam a atmosfera das festas espontâneas das grandes cidades brasileiras para o público holandês. Neste show, participarão também os músicos Jura Gomes (baixo), Marijn v/d Linden (cavaquinho), Lucas Figueiredo (saxofone e flauta), Rafael Lima (saxofone) e Alaor Soares (percussão), com a participação especial da cantora Lilian Vieira (grupo Cantorias).

Em seguida, no dia 2 de julho, o grupo segue para Rotterdam, onde tocam no festival North Sea Round Town, um evento que toma conta da cidade, paralelo ao North Sea Jazz Festival, que já está com ingressos esgotados. “Para além da programação do North Sea, a cidade e o festival oferecem dezenas de shows gratuitos em pontos especiais. Nós tocaremos em símbolo da cidade, o Market Hall”, explica Breno.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

No dia 3, eles se apresentam na casa Brasil 030, em Utrecht, que tem como objetivo central promover a cultura brasileira em Utrecht e na Holanda e estimular a interação entre as comunidades brasileira, holandesa e internacional por meio de eventos e atividades culturais.

O grupo viaja por meio do programa Conexão Cultura DF, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, voltado à promoção e difusão da arte e cultura produzida no Distrito Federal.

Breno Alves é um dos expoentes do samba de Brasília. Foto: Divulgação

Sobre Breno Alves

O cantor, compositor e percussionista vem atuando no cenário brasiliense desde 2003. Ao longo desses anos, Breno Alves parte de vários grupos relevantes para a história da cidade. Entre eles, o grupo Samba Choro, com o qual teve o privilégio de acompanhar vários artistas pelo projeto Gente do Samba. Foi exatamente nesse projeto que o músico foi apadrinhado pelo grande mestre Monarco da Portela. Também fez parte do grupo de choro Goiabada Cascão e do grupo Fina Arte, que acabou servindo de base para a formação do grupo Adora Roda, que mais tarde passou a ser chamado 7naRoda. O grupo já tem quatorze anos de existência, dois discos, um DVD e quatro clipes. O conjunto é um dos mais atuantes da cidade e preza pelas composições autorais.

Nessa caminhada Breno Alves já teve o prazer de representar a nossa música em outros países como Moçambique, Cabo Verde e Pretória na África do Sul. Com a cantora Renata Jambeiro e o músico Juninho Alvarenga, o artista ministrou um workshop sobre samba na Ilha de São Nicolau em Cabo Verde, promovido pelo Ministério da Cultura de Cabo Verde. Em 2014, o cantor foi o vencedor do Festival Novos Bambas do Velho Samba, promovido pela Bar Carioca da Gema no RJ, concorrendo com 120 participantes de todo o país. Ainda em 2014 participou como um dos diretores musicais do projeto Samba Nas Feiras, um projeto itinerante que percorreu algumas feiras da cidade tendo como base os grupos 7naRoda e Filhos e Dona Maria. Foi também um dos idealizadores do projeto Flores em Vida que trouxe ao DF em 2015 os grandes mestres do samba: Dona Ivone Lara, Monarco e Nelson Sargento para uma linda homenagem por todo comprometimento com a história do nosso samba.

Além de cantor e percussionista, Breno Alves é compositor e tem algumas de suas obras gravadas pelo grupo 7naRoda, Filhos de Maria e pela cantora Cris Pereira. Neste ano o músico lançou o seu primeiro trabalho solo intitulado “Vai Melhorar”, com várias composições de sua autoria e de grandes autores da cidade com produção do Instituto Rosa dos Ventos e apoio da Secult. O disco contou com os arranjos de Amílcar Paré, Thanise Silva e Jackson Delano, além de contar as participações especiais de Cris Pereira, Renata Jambeiro, Realleza e Fernanda Jacob. Lançou também neste segundo semestre um disco intitulado “Samba Candango”, trazendo vários ritmos, expressões, composições autorais, outros compositores e grandes participações. Samba Candango é um passeio do artista por vários territórios culturais da cidade, nessa ocasião teve a participação de Martinha do Coco, Mãe Baiana, Tamá do Boi do Seu Teodoro, Arifan Jr e Teresa Lopes. O disco contou com a produção musical de Lucas de Campos.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade