Victor Chaves é condenado por agressão a ex-mulher

Artista, que fazia dupla sertaneja com o irmão Léo, aparece em imagens agredindo a mãe de seus dois filhos. À época, ele debochou do caso

O cantor Victor Chaves foi condenado na semana passada por agredir a ex-esposa, a empresária Poliana Bagatini. Victor foi condenado a 18 dias de prisão em regime aberto. A pena pode ser convertida em trabalhos comunitários.

As agressões aconteceram há quase três anos, em fevereiro de 2017. Nas imagens, Victor, Poliana e a irmã de Victor, Eliana Chaves, aparecem discutindo no elevador do prédio onde o casal mora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em depoimento, Poliana declarou relação conturbada com a mãe de Victor, que a acusava de não saber cuidar da própria filha.

As imagens foram divulgadas pelo programa Domingo Espetacular, da TV Record.

À época, Victor debochou do caso. Ele produziu uma entrevista consigo, em que aparece com e sem camisa para alternar perguntas e respostas, ele questiona para si mesmo: “Senhor Victor, consta que o senhor teria desferido 15 chutes na barriga de uma grávida. A pergunta é: o senhor joga futebol?”.

Na sequência, ele aparece dando gargalhadas e responde: “Jogo de vez em quando, mas nunca consegui acertar um chute”.

A segunda pergunta segue no mesmo tema. “Senhor Victor, o senhor foi indiciado por vias de fato, que corresponde à agressão sem deixar marcas. Que m**** é essa?”, pergunta e responde: “É só uma m**** mesmo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Para concluir a “entrevista”, ele faz referência a uma declaração do irmão Leo, segundo o qual os dois brigavam “o tempo inteiro”.

“Senhor Victor, para terminarmos, o senhor teria vivido 27 anos de brigas com seu irmão Leo Chaves. O que o senhor tem a dizer sobre isso?” A resposta, precedida por mais gargalhadas, foi: “Não, 27 anos foi o tempo de dupla. De briga, são 42”.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

10 + 9 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend