Governo deve ficar com cerca de 40% de participação na Eletrobras

Eletrobras
Bento afirmou que Maia “sabe da importância do projeto para o setor energético”

Segundo o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o governo deve ficar com cerca de 40% de participação na Eletrobras após o processo de capitalização da empresa. Albuquerque esteve no gabinete do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para entregar o projeto de lei sobre o processo. Segundo ele, a proposta é de o governo continue com participação expressiva na companhia.

Bento afirmou que Maia “sabe da importância do projeto para o setor energético”. Ele reforçou ainda a perda de capacidade de investimento da estatal e, por isso, a necessidade do projeto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Albuquerque disse que a expectativa é que a tramitação no Congresso seja concluída até o segundo semestre de 2020. Ainda de acordo com o ministro, o presidente da Câmara deverá criar uma comissão especial para tratar do tema.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

oito − sete =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend