Preço do aluguel sobe pelo sexto mês consecutivo em maio

preço do aluguel de imóveis subiu pelo sexto mês consecutivo em maio. O Índice FipeZap de Locação, que acompanha o preço médio de imóveis anunciados para alugar em 15 cidades brasileiras, subiu 0,13%.

A alta foi menor que a inflação medida pelo IPCA no mês, de 0,40%. No ano, o preço de locação avança 1,90% e também supera a inflação no período, de 1,33%.

Nos últimos 12 meses, o preço da locação subiu 0,60%. Considerando a inflação acumulada de 2,85%, o índice registra queda real de 2,19% no período.

Sete das quinze cidades monitoradas pelo Índice FipeZap acompanharam o movimento de alta no preço médio do aluguel residencial em maio, com destaque para Distrito Federal (+0,94%), Belo Horizonte (+0,88%) e Recife (+0,80%). Já as cidades que registraram as maiores quedas no período foram Florianópolis (-0,89%), Niterói (-0,59%) e São Bernardo do Campo (-0,42%).

O valor médio do aluguel de imóveis nas cidades monitoradas foi de 28,50 reais por metro quadrado. São Paulo se manteve como a cidade com o maior valor médio por metro quadrado do país, de 36,64 reais. Já a cidade com o valor do aluguel mais barato por metro quadrado, de 16,15 reais, foi Goiânia.

A seguir, confira o preço médio do metro quadrado anunciado para locação e a variação dos preços nas 15 cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap:

CIDADEPREÇO MÉDIO DO METRO QUADRADO EM MAIOVARIAÇÃO DO PREÇO EM MAIOVARIAÇÃO DO PREÇO NOS ÚLTIMOS 12 MESES
São PauloR$ 36,640,13%3,13%
Rio de JaneiroR$ 31,24-0,22%-6,56%
Distrito FederalR$ 29,620,94%4,61%
SantosR$ 29,20-0,07%1,84%
RecifeR$ 25,090,80%5,70%
FlorianópolisR$ 22,77-0,82%3,05%
Porto AlegreR$ 21,180,12%-0,45%
CampinasR$ 20,91-0,15%-0,37%
NiteróiR$ 20,52-0,59%-6,25%
SalvadorR$ 20,31-0,12%4,84%
Belo HorizonteR$ 20,170,88%2,35%
São Bernardo do CampoR$ 18,65-0,42%0,44%
CuritibaR$ 17,13-0,25%3,80%
FortalezaR$ 16,260,21%-1,94%
GoiâniaR$ 16,150,46%4,94%


Retorno do investimento em imóveis

Em maio, o retorno médio para investidores que optaram por alugar seu imóvel foi de 4,40% ao ano. A taxa avalia o retorno médio que um proprietário teria em 12 meses com a locação do imóvel, sem considerar possível ganhos com valorização ou desvalorização decorrente do aumento ou da queda no preço dos imóveis no período.

A rentabilidade do aluguel é calculada por meio da divisão entre o preço médio de locação mensal e o preço médio de venda mensal. A taxa ao ano é obtida multiplicando-se o resultado por 12.

O retorno do aluguel de imóveis ficou abaixo da taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,50% ao ano. A taxa está no menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986.

Ou seja, há outras opções de investimentos de renda fixa mais atraentes do que o aluguel de imóveis. Os fundos imobiliários também são alternativas para quem gosta de investir em imóveis, mas busca retornos maiores. Veja dicas para investir.

Send this to a friend