Trocando em Miúdo: Pesquisa mostra impacto do desemprego na saúde e no estado emocional

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

A prosa de hoje tem a ver com uma pesquisa de como está a situação dos desempregados, ou seja, dos que, segundo o método do IBGE, ainda continuam procurando emprego e não tem ideia de quando vão conseguir.

A pesquisa “Impactos do Desemprego: Saúde, Relacionamentos e Estado Emocional” foi realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC-Brasil) junto com a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

Alguns números: 63% dos desempregados dizem que estão nervosos, 62% angustiados, 70% com ansiedade, 68% inseguros, sem contar os que estão com medo ou com a autoestima baixa.

Para comentar estes dados e dar alguns conselhos práticos a gente conversa com o educador financeiro do SPC, José Vignolli.

Escute o programa.

Então, tá.
Inté e axé.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove − dezenove =

Mais lidas

Send this to a friend