Siga o Jornal de Brasília

Economia

IPC-Fipe registra inflação marginal de 0,02% na 2ª quadrissemana de março

Avatar

Publicado

em

Despesas de custeio têm queda real em 2016

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, teve alta marginal de 0,02% na segunda quadrissemana de março, revertendo queda de 0,09% verificada na primeira quadrissemana do mês, segundo pesquisa divulgada hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Os custos de Alimentação diminuíram 0,41% na segunda leitura de março, após recuarem em ritmo mais forte na primeira quadrissemana, de 0,73%.

Outros três dos sete componentes do IPC-Fipe também mostraram deflação menos intensa. Foi o caso de Transportes (de -0,19% na primeira quadrissemana para -0,11% na segunda quadrissemana), de Despesas Pessoais (de -0,13% para -0,10%) e de Vestuário (de -0,33% para -0,11%).

Além disso, os custos de Habitação avançaram com um pouco mais de força na segunda quadrissemana, exibindo alta de 0,38%, após subirem 0,36% na prévia anterior.

Por outro lado, desaceleraram os preços de Saúde (de +0,71% para +0,57%) e de Educação (de +0,04% para +0,03%).

Veja abaixo como ficaram os itens que compõem o IPC-Fipe na segunda quadrissemana de março:

Habitação: 0,38%

Alimentação: -0,41%

Transportes: -0,11%

Despesas Pessoais: -0,10%

Saúde: 0,57%

Vestuário: -0,11%

Educação: 0,03%

Índice Geral: 0,02%

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *