Siga o Jornal de Brasília

Economia

Wall Street desacelera, após série de recordes

Publicado

em

Wall Street interrompeu, nesta quinta-feira (16), uma sequência consecutiva de sessões com fechamentos recordes, e o mercado começou a dar sinais de fadiga.

O índice industrial Dow Jones ganhou 0,04%, a inéditos 20.619,77 pontos, mas o Nasdaq caiu 0,08%, situando-se nos 5.814,90 pontos. O índice S&P 500 cedeu 0,09%, nas 2.347,22 unidades.

Os três índices vinham batendo recordes dia após dia desde que Trump declarou, em 10 de fevereiro, que em breve anunciará um corte nos impostos.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Analistas disseram que as perspectivas dessa política são um tanto difusas, já que não se sabe como essas reduções tributárias serão financiadas.

Outros disseram que a pausa de hoje resulta do temor de que a reforma fiscal de Trump termine saindo dos trilhos por dificuldades políticas.

“As avaliações estão à prova, de maneira que não seria uma surpresa ver investidores retirarem as fichas da mesa”, comentou o diretor de investimentos da Hinsdale Associates, Bill Lynch.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O mercado de obrigações subia. Às 19h20, o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos recuava para 2,450%, contra os 2,492% de quarta-feira, enquanto os dos títulos para 30 anos caía a 3,050%, contra os anteriores 3,079%.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *