Ibaneis leva secretários de governo a feiras permanentes do DF

“Eles precisam conhecer o abandono”, afirmou o governador. A visita teve caráter pedagógico e serviu para que os secretários vissem problemas de perto

Para o governador Ibaneis Rocha (MDB) e uma comitiva formada por membros do alto escalão do Governo do Distrito Federal (GDF) este sábado (12) foi dia de feira.

Em visita a três das mais populares do Distrito Federal — Núcleo Bandeirante, Guará e Torre de TV —, Ibaneis afirmou que a intenção das visitas foi mostrar os problemas das cidades aos secretários, que não fizeram campanha e, portanto, não tiveram contato direto com a população.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O governador garantiu que projetos de revitalização já existentes, pensados para melhorar a aparência e o funcionamento das feiras, terão continuidade. A Feira da Torre de TV deve ser reformada ainda neste ano. Já os planos para a Feira do Guará dependem de tratativas com a comunidade. Durante a visita, pedidos de reforma dos banheiros e do telhado se acumularam. Os arredores da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante devem ser reformados, segundo Ibaneis.

“Eu estive nesses locais na época da campanha, mas muito dos nossos secretários não tiveram essa oportunidade. O objetivo foi levá-los às feiras para mostrar a situação em que elas se encontram. Precisamos que o nosso secretariado vá às ruas para ouvir as pessoas. Com isso, vamos fazer obras mais baratas e melhorar a vida das pessoas”, esclareceu o governador.

Receptividade

Na Feira do Guará, Ibaneis foi bem recebido pelos comerciantes. Tomou água de coco, comeu um pastel de carne e comprou uma garrafa com cerca de cinco litros de pimenta em uma das bancas. Pagou em dinheiro, depois de barganhar — foram cerca de R$ 300.

Na Feira da Torre de TV, o passeio incluiu até uma roda de samba. Uma mulher criticou a indicação do ex-deputado distrital Cristiano Araújo para a diretoria do Metrô-DF. “Não deveria colocar no governo quem tem ficha suja ou não foi eleito”, afirmou. Ibaneis rebateu. Afirmou que na Câmara Legislativa do DF há parlamentares com poucos votos e, mesmo assim, estão lá. “O sistema eleitoral precisa de mudanças”, resumiu.

Tags

BDF na Rede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend