MST volta a marchar no DF e afeta trânsito; faixas exclusivas são liberadas

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra voltaram a se mover pelas vias do Distrito Federal nesta terça-feira (14/8), gerando desde cedo reflexos no trânsito das principais via que chegam ao Plano Piloto.

Por causa da movimentação, o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) e o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) decidiram liberar para todos os veículos as faixas exclusivas. Com isso, estão livres todas as faixas da Estrada Parque Taguatinga, Estrada Parque Núcleo Bandeirante, W3 Sul e Norte e do Setor Policial. A liberação vai até as 23h59 desta terça.
Os grupos, que reúnem cerca de 5 mil pessoas e defendem o direito de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concorrer à Presidência, começaram a caminhar por volta das 7h, saindo de diferentes pontos do Distrito Federal rumo à área central de Brasília, onde devem ficar acampados no Estádio Mané Garrincha. Por volta das 7h30, a reportagem do Correio havia notado lentidão acima do normal na saída do Park Way e no início do Eixo Monumental.

 Três grupos caminham para se encontrar

Os integrantes do movimento foram divididos em três colunas. A Coluna Prestes (vinda das regiões Sul e Sudeste) saiu do balão do aeroporto. Já a Coluna Tereza Benguela (Centro-Oeste), da Rodoviária Interestadual. Já a Coluna Ligas Camponesas (Nordeste) deixou o Balão do Torto.
Na segunda-feira (13/8), essa movimentação, que ocupa o acostamento e algumas faixas das vias, provocou congestionamento na BR-060, na BR-040, na DF-075, na Epia Sul (DF-003) e na DF-001.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

treze + um =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend