Circulação humana: passado, presente e futuro. O que precisa e pode mudar…

reajuste de passagens

São pouco mais de 500 anos de história do Brasil, com seus aspectos sociais, econômicos, políticos, e, de trânsito. Trânsito este que, embora o país tenha seguido o curso natural da evolução tecnológica e do crescimento do uso do automóvel, vem acumulando diferentes tipos de problemas que afetam diretamente a mobilidade e acessibilidade das pessoas, em especial, nas áreas urbanas das cidades.

O tempo passou como um raio, o passado aparentemente distante das carruagens e carros de boi deu lugar à presença dos grandes e estilosos automóveis, e aquilo que deveria ser o espaço de convivência entre os homens, vem se tornando em campo de batalha e disputa sem igual entre indivíduos e máquinas.

Parafraseando a “velha” cigana

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O que será do amanhã, como vai ser o nosso destino (no trânsito)? Entramos na era da modernidade mecânica, criamos o ciclo do homem que se apresenta com cabeça, tronco e “rodas”, sobretudo “rodas”. Não se soube medir a consequência desta evolução e não nos preparamos, adequadamente, para resolver os problemas dela gerados.

Não é sempre, mas, às vezes, lembramo-nos do “pedestre”.

Será que ainda podemos considerar este elemento “pedestre” misturado à paisagem urbana das cidades? No ano de 2014 o Conselho Nacional de Trânsito – Contran publicou como tema da Semana Nacional de Trânsito “Cidade para Pessoas: prioridade para o pedestre”.

O Brasil recebeu em 2013 a Copa das Confederações, em 2014 a Copa do Mundo de Futebol e, em 2016 sediou as Olimpíadas. Será que o nosso legado no trânsito continuará sendo a violência e a falta de respeito?

Não se pode negar que, variados trabalhos foram desenvolvidos por diferentes cidades brasileiras, e que impactaram positivamente na mobilidade das pessoas. Brasília é uma de nossas poucas cidades que obtiveram este feito. Com a mobilização “paz no trânsito – respeito à faixa de pedestre” tornou-se um dos símbolos e modelos para o país, citada e comentada por todos que visitam este patrimônio arquitetônico e cultural. Hoje, com seus quase vinte anos de campanha pelo respeito à vida do pedestre, muito ainda se pode acrescentar ao trabalho e melhorar seu desempenho. Mas, há que se reconhecer o mérito da cidade e estimular a continuidade ampliada das ações. O nosso, parabéns.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

O presente social, político e econômico, se apresenta com perspectivas de dificuldades e crise. O trânsito, também, com possível viés de aproximação com o “caos” urbano. Contudo, é possível vislumbrar um futuro melhor na vida do pedestre e na mobilidade humana em nossas cidades, desde que façamos uma mudança radical de rumo, em prol da cidadania no trânsito e da construção da credibilidade no gestor da “coisa” pública.

BDF na Rede

         

PUBLICIDADE

Outubro, 2018

Filtrar eventos

19out(out 19)19:0020(out 20)12:00Curso de Assessoria de Comunicação

19out23:0005:00Thalis & Welinton e Henrique & RuanShed Wetern Bar

19out(out 19)23:0020(out 20)05:00Baile da Pink com MC WM

20out13:0021:00Feira Festival do PastelParque da Cidade

20out23:0005:00SevennPink Elephant

21out13:0021:00Feira Festival do PastelParque da Cidade

PUBLICIDADE
X

Send this to a friend