Siga o Jornal de Brasília

Destaque

Juíz Sergio Moro condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão

Avatar

Publicado

em

Eduardo Cunha

SÃO PAULO – O juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, condenou o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), a 15 anos e quatro meses de prisão por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta.

Memória

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso quarta-feira 19 de outubro de 2016, em Brasília. A prisão foi preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. A decisão foi do juiz Sérgio Moro no processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.

A Polícia Federal (PF) informou que o ex-presidente da Câmara foi preso na garagem de um edifício. Já o advogado dele disse que a prisão aconteceu no apartamento funcional de Cunha.

Moro é responsável pelas ações da operação Lava Jato na 1ª instância. Após Cunha perder o foro privilegiado com a cassação do mandato, ocorrida em setembro de 2016, o juiz retomou o processo que corria no Supremo Tribunal Federal (STF).

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *