Siga o Jornal de Brasília

Destaque

Governador anuncia mudanças no comando de três secretarias

Publicado

em

Governador

Assumirá a pasta de Economia Antônio Valdir Oliveira Filho, que deixará a Superintendência do Sebrae-DF. A Segurança Pública ficará a cargo do delegado federal Edval de Oliveira Novaes Júnior. Arthur Bernardes passará a comandar a Secretaria de Justiça e Cidadania

O novo secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Antônio Valdir Oliveira Filho; o governador Rodrigo Rolllemberg; o futuro secretário da Segurança Pública e Paz Social, Edval de Oliveira Novaes Júnior; e o atual secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes.
O novo secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Antônio Valdir Oliveira Filho; o governador Rodrigo Rollemberg; o futuro secretário da Segurança Pública e Paz Social, Edval de Oliveira Novaes Júnior; e o atual secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, que assume a Secretaria de Justiça e Cidadania. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, anunciou mudanças no comando de três secretarias, na tarde desta segunda-feira (27), no Palácio do Buriti. As alterações afetam as pastas de Justiça e Cidadania, de Economia e Desenvolvimento Sustentável e da Segurança Pública e da Paz Social.

Com experiência no setor, Antônio Valdir Oliveira Filho, que deixará a Superintendência do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Distrito Federal (Sebrae-DF), assume a pasta de Economia e Desenvolvimento Sustentável.

O atual titular da secretaria, Arthur Bernardes, sairá para comandar a de Justiça e Cidadania, em substituição a Marcelo Lourenço Coelho de Lima. A da Segurança Pública e da Paz Social ficará a cargo do delegado federal Edval de Oliveira Novaes Júnior.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Ex-subsecretário de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Novaes substituirá a secretária Márcia de Alencar. Ela assumirá o cargo de secretária adjunta de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, da pasta de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, na qual trabalhará em ações preventivas e na articulação com a sociedade civil.

“O governo tem de estar sempre se renovando para melhorar os serviços para a população. Nesse momento, a questão política absolutamente não entrou em pauta”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Ao agradecer a dedicação dos que deixam os cargos ou trocam de função, Rollemberg explicou que os primeiros dois anos foram de organização e que, agora, é um novo momento. “O governo tem de estar sempre se renovando para melhorar os serviços para a população”, disse ele. “Nesse momento, a questão política absolutamente não entrou em pauta”, assegurou.

Para o governador, o que houve, foi “a percepção de que algumas mudanças poderiam contribuir na qualidade dos serviços”. É essa a principal missão que ele atribuiu aos três secretários.

Na Secretaria de Justiça e Cidadania, os esforços serão para dar mais agilidade ao atendimento nas unidades do Na Hora, segundo o governador. “Assim como o Arthur cumpriu a missão de agilizar a abertura de empresas, deverá fazer do Na Hora uma referência”, completou. Bernardes atuou, desde o início do governo, como secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O novo chefe da Segurança Pública deverá seguir o aprimoramento dos índices, como a redução no número de homicídios, por meio do Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, além de proporcionar aos brasilienses maior sensação de segurança de fato.

“O trabalho que vem sendo bem desenvolvido será reforçado, assim como toda a sinergia entre a Polícia Militar e a Polícia Civil para termos resultados cada vez melhores”, avaliou Novaes. Ele ainda se reunirá com os representantes das duas forças para delinear os próximos passos no comando da pasta.

À frente da Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável a partir da próxima semana, Antônio Valdir Oliveira Filho terá o objetivo de focar na tomada do desenvolvimento, na criação de empregos e em novos modelos para o setor produtivo local.

“Ter pessoas saindo da zona de conforto para ajudar Brasília é uma demonstração clara do compromisso. Eles vão aprofundar nossos resultados no caminho certo”, afirmou Rollemberg.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Conheça o perfil dos novos secretários

Antônio Valdir Oliveira Filho

Bacharel em administração de empresas pela UniDF (Brasília-DF) e funcionário de carreira do Banco do Brasil, ele deixará o atual cargo de superintendente do Conselho Deliberativo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no DF (Sebrae-DF) para integrar o governo de Brasília.

No Banco do Brasil, ele trabalhou na Unidade de Negócios com Governo. Também gerenciou a área responsável pela criação de emprego e renda (Assistência a Comunidades Urbanas e Rurais) e a montagem da rede de intermediação do projeto de apoio ao microcrédito.

Em 2003, participou do grupo de trabalho que deu origem ao primeiro banco brasileiro especializado em microfinanças: o Banco Popular do Brasil. Foi gerente da área de Desenvolvimento de Produtos e Serviços de Microfinanças e de Microcrédito do Banco Popular do Brasil entre 2005 e 2006.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Ex-presidente da Associação Brasileira de Sebraes Estaduais (Abase), integrou em 2006 a equipe responsável pelo Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado, no Ministério do Trabalho e Emprego.

Edval de Oliveira Novaes Júnior

Ex-subsecretário de Comando e Controle do Estado do Rio de Janeiro na gestão do então secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame, o delegado da Polícia Federal deixará o comando da pasta de Segurança da prefeitura de Duque de Caxias (RJ).

No governo fluminense, Edval Novaes implantou o Centro Integrado de Comando e Controle da Secretaria de Segurança, órgão central nas ações de segurança, mobilidade urbana e defesa social no Rio para a Copa das Confederações, a Copa do Mundo de 2014, a Jornada Mundial da Juventude, com a visita do papa Francisco, e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Ainda, ele comandou a Subsecretaria de Inteligência (2007 a 2008). Formado em direito pela Universidade de Caxias do Sul, esteve na ativa como tenente do Exército Brasileiro por cinco anos — hoje está na reserva não remunerada.

Leia o anúncio do governador:

“Nós estamos fazendo alguns ajustes na equipe de governo e viemos aqui para anunciar em primeira mão: o Valdir [Oliveira Filho] vai assumir a Secretaria de Economia e Desenvolvimento Sustentável, o delegado da Polícia Federal Novaes [Edval de Oliveira Novaes Júnior] vai assumir a Secretaria de Segurança Pública [e da Paz Social] e o Arthur [Bernardes] vai assumir a Secretaria de Justiça e Cidadania.

Eu quero aqui agradecer a todos os secretários que estão saindo e desejar muito boa sorte aos secretários que estão entrando. Em primeiro lugar, quero agradecer a Márcia de Alencar que durante um ano e três meses prestou um serviço muito relevante à segurança pública do Distrito Federal. Sou muito agradecido a tudo o que fez nesse período. Importante registrar que nos últimos dois anos e três meses nós reduzimos de forma significativa os homicídios no Distrito Federal. No ano passado, nós fechamos com o menor número de homicídios dos últimos 23 anos. Quando assumimos o governo, nós tínhamos uma média de 24,7 homicídios por 100 mil habitantes; hoje temos 19,7 por 100 mil habitantes. E a Márcia vai cumprir agora uma nova tarefa contribuindo com o Pacto pela Vida de uma forma mais focada na relação com os movimentos sociais como secretária adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

O delegado Novaes durante dez anos foi subsecretário do secretário Beltrame, no Rio de Janeiro. Nesse período, foi subsecretário de inteligência, foi subsecretário de tecnologia, foi ele quem montou o Centro de Comando e Controle do Rio de Janeiro e coordenou esse Centro de Comando e Controle ao longo de grandes eventos como Copa do Mundo, como Olimpíadas e como Jornada Mundial da Juventude. Tem uma grande experiência administrativa e vem com incumbência de fortalecer o Pacto pela Vida, de promover uma integração cada vez maior entre as forças de segurança, e também ampliar a sensação de segurança no Distrito Federal, além de manter e de aprofundar a redução de indicadores, por exemplo, o número de homicídios.

Eu quero também agradecer ao papel que o Arthur desempenhou à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Na regularização das áreas do Pró-DF, já avançamos bastante em São Sebastião, Santa Maria e no Guará. Mas eu destacaria o Regime Simplificado de Licenciamento de Atividades Econômicas. O Arthur me dava um dado agora que mais de 5 mil empresas foram abertas ou se regularizaram por esse sistema. Brasília era uma das cidades que mais demorava para abertura de empresas; hoje nós somos a cidade que abre empresa com mais rapidez — as empresas de baixo impacto ambiental. E ele agora vem com a missão de melhorar ainda mais os serviços da Secretaria de Justiça, especialmente do Na Hora.

Quero agradecer ao Marcelo [Lourenço Coelho de Lima], secretário que sai, também pela colaboração. Marcelo desenvolveu, contribuiu e organizou muita coisa. O Arthur vai encontrar uma secretaria bem mais organizada do que quando assumimos o governo. Fica aqui o registro do nosso agradecimento ao Marcelo.

E o Valdir deixa a superintendência do Sebrae, o que mostra o seu compromisso com Brasília, para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico em um momento muito importante para a retomada do desenvolvimento econômico. E eu tenho certeza, com convicção, que Brasília cumprirá um papel significativo no sentido de ajudar o Brasil a retomar o desenvolvimento econômico. Nossos dois primeiros anos foram utilizados, foram priorizados, para arrumar a casa. E nós estamos fazendo isso com um esforço e com um sucesso muito grande, mas eu digo que a nossa prioridade nesses próximos dois anos é a retomada do desenvolvimento econômico, é o empreendedorismo, é a geração de novos empregos, é a introdução definitivamente de Brasília em uma nova economia, na economia da ciência, tecnologia e inovação, na economia do turismo, na economia de alto valor agregado. O Valdir tem uma interlocução muito grande com o setor produtivo, foi um nome construído com as entidades representativas do setor produtivo, e eu tenho convicção que dará uma contribuição muito significativa à melhoria da qualidade de vida e à retomada do desenvolvimento econômico na nossa cidade.

No momento, então, agradeço a todos os secretários que deixam as suas pastas pelo trabalho realizado. Quero dar muito boas-vindas aos secretários, desejar muito boa sorte, dizer que nossa responsabilidade em relação à Brasília é muito grande, mas a própria situação de perceber pessoas saindo da zona de conforto em que se encontravam para servir a Brasília em áreas tão importantes para o Distrito Federal como a Secretaria de Justiça, como a Secretaria da Segurança Pública, como a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, certamente é uma demonstração clara do compromisso dessas pessoas com Brasília. Portanto, é com muita alegria que o governo de Brasília apresenta os novos secretários que vão aprofundar o nosso caminho no rumo certo. Muito obrigado.”

AMANDA MARTIMON, com edição de VANNILDO MENDES
AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta