Dicas para sua saúde financeira

saúde financeira

Hoje vou dar umas dicas sobre como ter uma boa saúde financeira. Para tanto, precisamos entender as vantagens e até mesmo algumas dificuldades na realização de um planejamento financeiro e como garantir uma segurança material e melhores condições para uma vida feliz!

Nossa saúde financeira está altamente atrelada à nossa saúde física e mental, por exemplo. Até mesmo alguns sintomas como dores de cabeça, stress, preocupações demasiadas por questões não tão importantes assim, podem estar sendo causados por falta de uma saúde financeira estável. Podemos ter problemas desagradáveis com nossa família, com nossos amigos e até mesmo no nosso trabalho, não é mesmo?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A falta de saúde financeira afeta – e muito – em todas as áreas de nossas vidas: discussões indesejadas em casa, sentimentos ruins como vergonha e tristeza; você pode ter menos foco no trabalho e isso acaba causando desgastes emocionais!

Você já pode ter passado por algum problema inesperado, algum gasto emergencial e aí não tinha dinheiro suficiente pra pagar. E qual foi a solução? Extrapolar no cartão de crédito? Pedir dinheiro emprestado? Pra família, pros amigos? Pros colegas de trabalho? Mas você pode estar se perguntando: o que fazer então pra ter uma boa SAÚDE FINANCEIRA? Existem algumas dicas que eu trouxe pra você! E a primeira delas é:

NÃO GASTE MAIS DO QUE GANHE!

Essa é a dica BÁSICA pra nos educarmos financeiramente e construírmos uma reserva financeira pra emergências e projetar nossos sonhos de curto, médio e de longo prazo.

Assim, É PRECISO MUDAR HÁBITOS E COSTUMES no que se refere ao consumo. Sair da nossa zona de conforto e avaliar as nossas necessidades e desejos pra garantir nossa qualidade de vida no presente e no futuro;

Isto independe do quanto se ganha: você pode ganhar mil reais ou vinte mil reais por mês. Tudo muda quando o seu comportamento com o seu dinheiro muda! E sabe por quê? Dinheiro não aceita desaforo!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Outra dica não menos importante é a ORGANIZAÇÃO DO NOSSO ORÇAMENTO. Temos que saber quanto ganhamos e quanto gastamos, fazendo um diagnóstico apurado de nossas receitas e despesas.Desta forma, conseguiremos prever os nossos gastos futuros.

Caso você me pergunte: “Estou muito endividado, Rafael, não consigo nem mesmo pagar minhas contas básicas, como a de luz, de água, supermercado do mês…. o que fazer”?

Eu vou te responder: comece organizando o seu orçamento familiar. Verifique suas receitas. Suas despesas fixas, variáveis e até mesmo as supérfluas.Elimine compras parceladas da sua vida! Principalmente as com juros!

Fazendo isto, você terá domínio da sua vida financeira e definirá aonde cortar os valores de algumas despesas pra aí sim procurar os seus credores (ou seja, aqueles pra quem você deve).

Faça uma proposta que caiba no seu orçamento. Troque dívidas de maiores juros por dívidas de menores juros. Busque conhecimento. Leia sobre finanças pessoais.

Existem diversos livros, sites, vídeos e até mesmo profissionais  – educadores e coaches financeiros – que lhe ajudarão a mudar o seu comportamento e planejar os seus gastos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Busque alternativas para um aumento de suas receitas: almeje uma nova função,  desapegue de alguns objetos que você não utilize mais, utilize alguma habilidade que faça com que você consiga aumentar um pouco mais a sua renda!

Procure os órgãos competentes! PROCON, Defensorias Públicas, Poder Judiciário… E nunca se esqueça: PERSISTA! É a sua vida e a vida da sua família que estão em jogo!

Depois de sanar todas as suas dívidas, CONSTRUA O HÁBITO DE POUPAR! Guarde pelo menos de 10 a 20% de todas as suas receitas. Pense no futuro! Faça o dinheiro trabalhar por você!

Esta é a magia dos juros compostos! Dinheiro fazendo dinheiro. Você já  imaginou estar dormindo e ganhando dinheiro?

INVISTA! Construa um patrimônio que lhe gere rendimentos no futuro. Ter uma boa saúde financeira não significa ter renda. Ter uma boa saúde financeira significa transformar a sua renda agora em patrimônio e este patrimônio trabalhar pra você!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Imóveis que lhe gerem aluguéis. Investimentos que lhe rendam bons dividendos, fazendo com que você tenha uma boa aposentadoria, sem depender necessariamente apenas do Estado.

Com tudo isso, você terá uma boa SAÚDE FINANCEIRA, sabendo a importância do hábito de poupar como forma de melhorar a qualidade de vida, quitando dívidas e, principalmente, realizando SONHOS!

“Trace suas metas, entre em ação e alcance seus objetivos”

Encontre-me no Instagram: @valorizeseusonho

Bom fim de semana a todos,

Rafael Rico

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quinze + cinco =

BDF na Rede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend