Transportes: o problema está na tarifa técnica

Passe livre é bloqueado para estudantes que fazem aulas de verão no DF

Por determinação do governador Ibaneis Rocha, o Secretário de Mobilidade, Valter Cassimiro de Oliveira, oriundo do governo Michel Temer, tem a espinhosa missão de abrir a caixa preta dos transportes públicos do DF.

Em primeiro plano está sendo reavaliado o sistema de bilhetagem eletrônica, juntamente com a gratuidade, somente ai, o resultado do descalabro da tarifa já será bem diferenciado. Trata-se de uma grande fraude já deflagrada no ano passado, ainda na gestão anterior pelos órgãos responsáveis para essas apurações.

O Ministério Público, Tribunal de Contas do DF e os usuários de transportes sabem que não estão somente na bilhetagem as falcatruas, elas começam na composição da chamada tarifa técnica, que em sua composição são usados itens meramente ilustrativos para elevar de modo fraudulento e justificar o injustificável alto preço da passagem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 Essa investida não é para qualquer gestor não, tem que ter aquilo bem roxo mesmo, não sei se será o caso. Esse filme já foi visto em várias capitais brasileiras e nunca teve seu final. Sempre que o ator principal começava a gravar as primeiras cenas era comedido de uma enfermidade e ficava internado por tempo indeterminado nas UTIS da vida em estado gravíssimo.

Este colunista deixa aqui o desafio ao nosso governador e a sua equipe técnica dos transportes, para que abra publicamente e dê publicidade as suas ações da abertura dessas caixas pretas do sistema de transportes de Brasília, bem como apresente aos usuários de transportes públicos a solução definitiva. As ações devem ser discutidas tecnicamente, e com todos os representantes dos usuários devem saber as formas de composição e normatizações dos importantes modais dos transportes públicos.

Passe Livre

A gratuidade tem que ser melhor distribuída, tem que ser melhor avaliada sim, precisa ser dada a quem realmente precisa comprovadamente, o governo não pode franquiar passagens sem que sejam comprovados os seus critérios básicos e necessários, tem que ser visto quem é carente e quem não é.

Quando o governo começar a limpar essa área do transporte público, ai sim a população vai ter condições de deixar seus veículos em suas garagens e vai poder utilizar um verdadeiro e eficiente sistema de transportes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Por enquanto, vamos acompanhar se haverá mesmo essas mudanças e determinações, digo novamente, não é para qualquer um mexer nesse emaranhado não, tem que ter aquilo bem roxo mesmo, quase chegando a cor preta.

Agora a sociedade exige saber como será a abertura dessa caixa preta.

Querem saber também como será essa composição de tarifa, essa chegada até o custo final. E por final, se teremos a nossa disposição um sistema de transportes de eficiência e com intermodalidade.

Iremos observar como será paga essas tarifas de passagens, se por KM rodados ou por passageiros transportados, como serão equipadas a bilhetagem, como ira funcionar a bilhetagem eletrônica.

Como será operacionalizado o sistema de bilhetagem eletrônica junto ao DEFTRANS, pelos empresários como é hoje, ou se pelo GDF??

Por enquanto cabe observar, são apenas alguns dias de governança.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

três + 10 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend