Novo governo, velhos problemas

O recém empossado governador de Brasília, Ibaneis Rocha já nos primeiros dias de governo vem observando com os olhos bem arregalados a imobilidade urbana do Distrito Federal.

Ibaneis começou pessoalmente visitar as diversas regionais em busca de relatórios que poderiam embasar a real situação em que se encontra a imobilidade urbana do DF bem como a falta de acessibilidade e a ineficiência do transporte público, seja metroviário ou coletivos urbanos.

Até que seja concluída a licitação pública tão esperada pelos usuários de transporte coletivo de Brasília, o governador Ibaneis terá muito o que percorrer na Capital da República.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A cidade encontra-se sem nenhuma gestão de trânsito, transportes e mobilidade urbana em geral. O governador terá que começar a cobrança de atribuições a partir do setor de fiscalização dos órgãos gestores afins.

O primeiro desafio será o combate ao transporte clandestino, na linguagem popular, trata-se da pirataria que tomou de assalto as ruas de Brasília, trazendo com isso, grandes prejuízos ao atual sistema de transportes, vez que, os empresários do setor tem sempre várias justificativas para a formação de itinerários e horários a serem executados, ditados pelas ordens de serviços operacionais.

Sem o combate a pirataria os usuários de transportes públicos nunca terão seus direitos de ir e vir ao trabalho, sendo tratados com total desleixo, causando até mesmo demissões por atraso.

Vale chamar atenção para a total inexistência dos equipamentos necessários a acessibilidade em paradas de ônibus, travessias de pedestres com necessidades especiais, calçadas e rebaixamento das mesmas para cadeirantes e plataformas de embarque e desembarque para ônibus em vias públicas e terminais rodoviários de passageiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Na área de trânsito de nossa cidade, não vemos a muitos anos o ordenamento de trânsito em momento algum nas vias públicas, o que vemos são os luxuosos veículos operacionais estacionados de forma não exemplar, em cima dos canteiros e calçadas públicas, com o ar condicionado a todo vapor e com as equipes se deliciando e movimentando seus celulares nas redes sociais.

Diariamente a população clama pelo ordenamento de trânsito em suas idas e vindas por nossas vias públicas, principalmente em períodos de chuvas torrenciais, quando o já lento fluxo, torna-se estagnado, trazendo com isso, horas e horas a fio de engarrafamentos e colapso total no trânsito.

Se todos os agentes públicos da gestão de trânsito estivessem em total operacionalização em nossas ruas seria notadamente menor os extensos engarrafamentos.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dois × 1 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend