Ligeirinhas na mobilidade

Acorda Rodrigo

Não quero aqui defender quem fica se esfregando nas pessoas dentro dos transportes coletivos de massa não, mas isso vem acontecendo já a muito tempo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Na singela opinião deste colunista isso tudo só acontece porque o transporte coletivo público em Brasília é ineficiente, sem fiscalização e inoperante, para quem não sabe, aí vai a resposta. O problema está na gestão. Uma gestão eficiente não suportaria vê os usuários sendo tratados como verdadeiras sardinhas em latas.

Se nossos transportes estivessem sendo fiscalizados e suas empresas operadoras multadas por excesso de passageiros em pé, pela falta de educação com os deficientes, idosos e sras gravidas, pela falta de manutenção na frota, pelo recolhimento dos ônibus em horários de pico e entre pico, não eram cometidos esses crimes dentro dos transportes.

É bem simples, como é que um passageiro vai sofrer esfregões se o número de passageiros nos transportes estiverem de acordo com o permitido por sua legislação?

Não tem fiscalização nos transportes em Brasília, nem em garagens,nem em rotas e linhas para verificarem como estão procedendo nos horários e números de ônibus em operações.

Alguém já viu um fiscal de transportes dentro de um ônibus em Brasília com uma prancheta na mão fazendo sequer qualquer anotação de irregularidades, tão pouco soube que os empresários e empresas de ônibus receberam multas por ineficiências no sistema de transportes públicos do Distrito Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Está na hora do governador Rodrigo Rollemberg arrochar a caneta, se é que quer se reeleger mesmo!

Cadê a licitação dos transportes públicos em Brasília?  Há quem diga que o governador, vai terminar sua gestão sem conclui-la como fizeram seus antecessores.

Multas e débitos de veículos e condutores poderão ser pagas com cartões de créditos

O DETRAN DF publicou no (DODF) Diário Oficial Do DF, desta terça feira dia (06), uma instrução de credenciamento a empresas prestadoras de serviços para parcelamentos de multas e outros débitos de veículos e condutores junto aquele órgão.

A instrução de número 125, fixa exigências para o cadastramento, dos serviços a serem prestados pelas empresas que irão processar operações e respectivos lançamentos de pagamentos por meios de cartões de créditos ou débitos, de forma a colocar disponíveis a proprietários de veículos possibilidades de quitarem seus de uma só vez, ou em parcelas antes que seu CPF seja inscrito na dívida ativa do GDF.

Juro do cartão de crédito cai 67,8 pontos e fica em 422,5% em abril

Essa instrução 125 em conformidade com a legislação vigente estará em plena utilização em final de abril próximo ,quando o cidadão poderá ser atendido presencialmente em postos de atendimentos do GAMA, SHOPPING POPULAR, TAGUATINGA,e também no deposito da sede do DETRAN na Asa Norte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O atendimento online ficara para o próximo mês de MAIO de 2018.

A resolução 697 do CONTRAN, estabelece e normatiza os procedimentos para a aplicação das multas por infrações, a arrecadação e o repasse dos valores arrecadados e a disposição sobre o pagamento parcelado de multas em âmbito nacional.

Dessa forma o DETRAN DF poderá credenciar empresas para efetuarem os serviços em tela.

 

A verdade sobre os números

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Furtos e roubos de veículos em circulação e transportes coletivos diminuíram no mês de fevereiro quando Brasília em sua em grande maioria está de ferias, inclusive, a frota de transportes coletivos de massa, bem reduzida.

Essa notícia foi passada para a população em um balanço mensal da Secretaria da Segurança e Paz Social. A maior redução registrada foi no número de roubos em transportes coletivos, principalmente ônibus.

Comparando a o mês de fevereiro de 2017, a baixa foi de 39,5% ( foi de 286 casos para 173 ).

Vejamos, com a redução da frota de ônibus e metrô durante esse período de férias, fica visível para este colunista que o secretario, Cristiano Sampaio quando anunciou as estatísticas não percebeu que, com a população de férias os números sempre serão reduzidos mesmo, o povo não está em Brasília ,como será roubado?

 

Lobby do aplicativo

Uber pede 15 dias para explicar vazamento de dados de 196 mil brasileiros

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Mais uma liminar foi cassada por um desembargador da Quarta turma cível do TJDFT. A decisão do relator suspendeu a liminar impetrada pelo juiz da Quarta Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal que determinou que o DF não pode licenciar veículos com mais de 5 anos de uso.

Ainda caberá recursos nas instâncias superiores, pelo visto, essa briga ainda vai longe e seus usuários vão ter que andar de carros velhos mesmo.

Quem sofre é a população

DETRAN

Os funcionários e agentes do DETRAN DF decidiram em assembleia nesta quinta 08 pela paralização das atividades por tempo indeterminado.

Como se não bastassem os atrasos na confecção das documentações daquele órgão e a total ausência dos agentes nas vias públicas de nossa cidade, agora o que era uma raridade tornou-se pior ainda com essa greve por tempo indeterminado.

A decisão foi baseada em acordos não cumpridos pelo GDF em reajustes de salários e melhorias em nomenclaturas dos cargos e funções. Será que esse povo não percebeu que são os salários mais bem pagos da categoria em todo o Brasil?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Ainda querem receber somente por 30 hora trabalhadas na semana, deste jeito vai travar tudo mais ainda no transito, o que já e ruim vai piorar ainda mais.

Acredito que para terem o apoio da população os servidores teriam que mostrar serviços, ou seja, irem para as vias fazerem um melhor ordenamento do fluxo de veículos, fiscalizarem os caminhões nas cargas e descargas no comercio em geral e principalmente nos pequenos supermercados das cidades em regiões administrativas do DF, colocarem em operação planos de fugas para avenidas e ruas alagadas com rotas alternativas, fiscalizarem e multarem os veículos que estacionam em calçadas onde os pedestres ficam sem segurança nas ruas, fiscaliza e multar aqueles que estacionam em vagas de deficientes e idosos sem a devida permissão, abordarem os veículos fazendo piratarias dos transportes coletivos urbanos na porta de escolas, pontos de ônibus e até mesmo em hospitais e prontos socorros, enfim, fazerem algo que justifique os seus ótimos salários e não pararem de trabalhar para forçarem o que já sabem que não vão resolver agora com esse governo ineficiente.

 

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

um × 5 =

BDF na Rede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend