A falta de vontade dos governos e gestores públicos no Brasil tem trazido doença e perda de qualidade de vida aos brasileiros

A falta de vontade dos governos e gestores públicos no Brasil tem trazido doença e perda de qualidade de vida aos brasileiros

Os médicos e terapeutas Brasileiros já se manifestam em favor da QUALIDADE dos transportes públicos nas cidades Brasileiras, alegando que também e um problema de Saúde Pública

Vejam que transtorno causa a falta de gestão de MOBILIDADE URBANA, além de gastos desnecessários na Saúde Pública por consequência.

De acordo com o Médico Especialista em POLUIÇAO ATMOSFERICA e professor da USP, na capital São Paulo, DR PAULO SALDANHA, cerca de 15% dos infartos no Brasil são causados pela exposição ao transito e a poluição, por ele causada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A emissão e a concentração de gases aumentam o risco de ataques cardíacos duas vezes e meia quando estamos presos ao transito em nossas vias públicas, tem causado mais mortes que os próprios acidentes no trafego, além da questão dos ataques do coração tem também a incidência de doenças pulmonares devido ao alto índice da poluição causada ao Meio Ambiente, inclusive o Câncer, destruidor das gerações.

Lembram também que pacientes na sua grande maioria são transportados gravemente por nossas vias públicas já totalmente congestionadas, sem a mínima educação de nossos condutores de veículos.

Com isso, vem trazendo menor chance de sobrevivência dos pacientes graves, quantas horas você deixa de dormir para chegar a tempo em seu trabalho diário????

Gastamos horas sem chegar a lugar nenhum, e cada vez dormimos menos e pior.

O Brasil está doente e estamos doentes junto com ELE, afirma o Médico no 9 Salão Latino Americano de veículos Elétricos, componentes e Novas Tecnologias já no ano de 2013 quando participei, até agora, nada de efetivo foi resolvido a respeito do Tema abordado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Deixar o carro convencional em casa, tem sido o desejo dos milhões de Brasileiros, porém não tem havido sensibilidade de nossos gestores da Mobilidade Urbana no Brasil.

A utilização do ônibus e não dos veículos sobre trilhos por exemplo como prioridade nos transportes coletivos de massa para reduzir cada vez mais o número de automóveis nas ruas e defendida pelo engenheiro civil Paulo Sergio Custodio em sua fala neste evento acima mencionado.

Ele prega a ampliação de corredores e faixas exclusivas em espaços que atualmente destina somente de 8 a 10% para nossos ônibus em todo o Brasil.

Não há fila de ônibus nas faixas e isso causa sensação de esvaziamento no transito quando está parado.

Com as faixas você passa 150 ônibus por hora, eu te pergunto está o vazio?

A utilização de bicicletas e outras modais através da intermodalidade vai trazer um grande resultado para a guerra do fluxo nas vias públicas Brasileiras, devemos aproveitar inclusive a era da tão importante tecnologia da energia Foto Voltaica como contribuição para a economia social e avanço da qualidade de VIDA de nosso povo Brasileiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Imaginem que já existe uma estimativa da Organização Das Nações Unidas ONU que em 2050 chegaremos há 9,6 bilhões de população mundial e como viveremos em áreas urbanas sem avançarmos na Mobilidade Urbana???

Vamos trabalhar mais para encontrar resultados positivos e satisfatórios para esses graves problemas, técnicos e gestores ?????

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

10 + 5 =

PUBLICIDADE

Mais lidas

PUBLICIDADE

Send this to a friend