INÉDITO: Drone transporta rim doado para transplante

Drone cruzou cinco quilômetros em poucos minutos levando o rim

O fato – Dia 19 de abril, pela primeira vez um drone levou um órgão para doação de um centro cirúrgico até o hospital onde foi feito o transplante.  

A notícia – A distância entre os hospitais de  Maryland, EUA, que participaram do procedimento é de cinco quilômetro. O rim foi transplantado com sucesso em um paciente com insuficiência renal. A receptora do órgão foi uma mulher de 44 anos que estava há oito anos a espera do rim. O drone foi criado pelos pesquisadores da universidade, especialmente, para atender a este objetivo. O aparelho  é capaz de medir e manter temperatura, pressão, altitude, vibração e localização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porque isso é importante – Não foi o primeiro emprego de  drones em remessas de suprimentos médicos, Contudo foi a primeira vez que o equipamento levou um órgão para uma equipe médica de transplantes.  As vantagens estão ligadas à precisão de tempo de entrega. O sucesso do pós-operatório, também, depende do tempo que se leva entre a remoção e a entrega do órgão. E os congestionamentos de carros e motos nas grandes cidades, realmente, não são a melhor opção.  

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

20 + três =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend