Facebook anuncia rigor a quem infringir as regras de boa conduta

A plataforma vai cortar o acesso ao recurso “Live” – de transmissão ao vivo – de quem disseminar ódio e racismo

O fato – O Facebook publicou em seu blog que qualquer pessoa que violar suas regras será impedida de usar o recurso “Live”. Haverá  proibição de 30 dias para as primeiras ofensas.

A Notícia – O movimento é uma resposta à repercussão em relação ao tiroteio em massa em Christchurch, Nova Zelândia, que foi transmitido ao vivo no Facebook. O anúncio foi feito no mesmo dia em que a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Arden e o presidente da França, Emmanuel Macron se reúnem para discutir medidas contra o extremismo online. . Arden  considerou a decisão do Facebook um “bom primeiro passo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porque isso é importante – O vídeo do ataque de Christchurch, transmitido ao vivo, ganhou versões editadas que continuaram a alimentar a Rede Social. Para limpar a rede das imagens condenáveis, o Facebook está gastando US$ 7,5 milhões com programas de identificação de vídeo. Além do compromisso moral, Zuckerberg, teme por pesadas indenizações se o vídeo continuar em circulação.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

11 − 4 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend