Siga o Jornal de Brasília

TechIn

Descoberto túnel sob palácio do imperador romano Nero

Arqueólogos descobriram um abóbada escondida nas ruínas do antigo palácio romano do imperador Nero. Acredita-se que existam ainda 300 quartos encobertos.A Notícia – A câmara é  adornada com pinturas vivas, como um centauro, uma esfinge e uma pantera atacante. Foi encontrada nas ruínas do palácio do imperador r

Publicado

em

Obra é resultado do ‘narcisismo’ de Nero que entrou para a história como  um déspota louco pelo poder

O Fato – Arqueólogos descobriram um abóbada escondida nas ruínas do antigo palácio romano do imperador Nero. Acredita-se que existam ainda 300 quartos encobertos.

A Notícia – A câmara é  adornada com pinturas vivas, como um centauro, uma esfinge e uma pantera atacante. Foi encontrada nas ruínas do palácio do imperador romano Nero, escondida sob as colinas próximas ao antigo Coliseu de Roma. De acordo com uma declaração do parque arqueológico do Coliseu, o túnel permaneceu desconhecido  por quase 2.000 anos, provavelmente entre 65 e 68 dC.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Porque isso importa – Apelidada de  Sala da Esfinge, foi descoberta acidentalmente, quando os pesquisadores restauravam uma outra câmara próxima. Os tetos curvos da sala têm 4,5 m de altura e grande parte da sala ainda está cheia de sujeira. O fato de estar com a estrutura funcional depois de todos estes séculos é surpreendente.  Alguma lição poderia ser extraída para a engenharia brasileira que vê suas obras recentes se desmanchando. Como o Túnel Rafael Mascarenhas, no Rio de Janeiro.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta